Têxteis na luta contra projeto que amplia terceirização

O Sindicato dos Trabalhadores Têxteis de Santa Bárbara d???Oeste está se mobilizando contra o projeto de lei 4330/04, que amplia a terceirização nas empresas privadas. Nesta quarta, dia 14, o PL pode entrar em votação na Comissão de Constituição Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados.

Nesta terça-feira, 13 de agosto, o presidente do Sindicato, Cláudio Peressim, encaminhou um ofício a todos os deputados federais manifestando a indignação contra o projeto e reivindicando a suspensão da votação. Pela proposta, a terceirização poderá ser ampliada para o setor de produção. Atualmente, somente áreas específicas das empresas como portaria, restaurante e limpeza possuem funcionários de terceirizadas. 
Segundo Peressim, o PL 4330 é extremamente prejudicial para os trabalhadores, pois irá retirar direitos já conquistados tornando precárias as condições trabalhistas. ???De quem o funcionário vai cobrar estrutura de trabalho e direitos? Com a terceirização, os trabalhadores vão perder benefícios sociais, participação de lucros e resultados e muitos outros direitos que temos lutado para serem respeitados???, explicou o sindicalista.
No último dia 06 de agosto, o Sindicato Têxtil de SB participou de um ato nacional, organizado pela Força Sindical em conjunto com outras centrais, em São Paulo, contra o projeto. A manifestação reuniu cerca de três mil trabalhadores de diferentes categorias que bloquearam dois lados da Avenida Paulista.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE