Têxteis fecham pauta e querem negociações rápidas

Em assembleia na última sexta-feira (14) os empregados do setor têxtil aprovaram a pauta de reivindicações apresentada pelo Sindicato dos Trabalhadores. Agora, juntamente com a Federação da categoria, a pauta de reivindicações será protocolada junto aos sindicatos patronais, solicitando a abertura de negociações para renovação da Convenção Coletiva de Trabalho.

De acordo com a pauta aprovada, os trabalhadores reivindicam a reposição da inflação do período compreendido entre novembro de 2017 a outubro de 2018 e mais 2% de aumento real. Os sindicatos também pretendem garantir na Convenção Coletiva a obrigatoriedade das homologações serem feitas nas entidades. ???A Reforma Trabalhista tirou esta obrigatoriedade, trazendo muito prejuízo aos trabalhadores que se veem desassistidos na hora de homologarem a rescisão do contrato de trabalho???, explicou o presidente dos Têxteis, Antonio Martins.
Recente reunião entre representantes dos trabalhadores e de sindicatos patronais, estabeleceu que se apresentasse uma pauta enxuta, focada principalmente nas questões financeiras. O objetivo é dar maior celeridade às negociações, evitando que o fechamento da Convenção se arraste por meses, como ocorreu em anos anteriores. ???A data-base é primeiro de novembro. Então,  não se justifica que a Convenção seja finalizada no final de dezembro ou até em janeiro como ocorreu o ano passado???, ponderou Martins.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE