‘Turma do bar’ pressiona e Sacilotto adia lei do silêncio

Donos de bares e agitadores culturais de Americana estiveram na Câmara para pressionar o vereador Antonio Carlos Sacilotto (PSDB) a alterar o projeto de lei que estipula a ‘lei do silêncio’. Os comerciantes bradavam dizendo que os bares da cidade iam fechar. 
Sacilotto decidiu pedir adiamento do projeto por uma semana e marcou um debate com os interessados na próxima terça-feira às 14h30 na Câmara Municipal. 

“Na terça-feira eu espero recebê-los aqui para nós discutirmos esse assunto. A lei não cria nenhum tipo de medição a não ser o que já existe. A medição não é feita no local do barulho, e sim na incomodidade, no local onde está a pessoa que reclamou”, explicou o tucano.    

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE