TSE poda Eduardo Campos no FB

do Radar de Veja- O TSE, enfim, começou a fiscalizar os presidenciáveis, especializados em usar e abusar das propagandas eleitorais antecipadas. Um perfil no Facebook proclamando a candidatura de Eduardo Campos foi o primeiro alvo da borduna da Justiça Eleitoral em 2014.
Em uma decisão liminar assinada na sexta-feira, o ministro Admar Gonzaga acatou o pedido do Ministério Público Eleitoral e obrigou o Facebook a retirar do ar, imediatamente, a página Eduardo Campos Presidente.
Os textos do perfil recorrem ao batido tom ufanista e a uma série de clichês para vangloriar Eduardo Campos ??? coisas como ???Há 48 anos atrás, nosso futuro presidente da República nascia???. Alguns foram usados pelo ministro Gonzaga para atestar o óbvio: a propaganda eleitoral descarada.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE