TSE aprova criação do Novo, de viés liberal

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou nesta terça-feira (15) a concessão de registro para o Partido Novo, fundado em 2011 com apoio de empresários no Rio de Janeiro. Com a decisão, a nova legenda poderá concorrer nas eleições municipais de 2016 com o número 30.

Se afirmando o verdadeiro partido liberal, o Novo defende valores que vão abaixo-
FICHA LIMPA- Filiados e candidatos devem preencher os requisitos da lei Ficha Limpa;
LIMITE- Limitação ao ???carreirismo político???: é vetado ao filiado eleito para cargo no Poder Legislativo que se candidate a mais de uma reeleição consecutiva para o mesmo cargo;
VINCULA????O- Vinculação do candidato às suas propostas: definição prévia do Compromisso de Gestão e do Compromisso de Atuação Legislativa, prevendo metas a serem cumpridas;
GEST??O- Gestão independente: a gestão partidária não pode ser feita por candidato ou por ocupante de cargo eletivo;
COBRAN??A- Não há cobrança de percentual do salário do mandatário: a contribuição partidária mínima é igual para filiados e candidatos eleitos.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE