Trump diz que pode não aceitar resultado

(Reuters) – O candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, não se comprometeu na quarta-feira a aceitar o resultado da eleição de presidencial de 8 de novembro caso perca, desafiando um pilar da democracia norte-americana e gerando críticas ao redor do espectro político.
A rejeição de Trump, definida pela rival democrata Hillary Clinton como “apavorante”, foi o principal destaque do terceiro e último debate, além de reclamações de Trump de que a eleição está sendo fraudada contra ele.
Perguntado pelo moderador Chris Wallace se não iria se comprometer a uma transição pacífica de poder, Trump disse: “o que estou dizendo é que vou falar no momento. Vou manter o suspense. Ok?”.
As declarações de Trump podem atrair eleitores que são contra o establishment do partido, mas é pouco provável reverter pesquisas de opinião que mostram Hillary na liderança, incluindo em Estados-chave para a decisão da eleição.
“Esta não é a maneira como nossa democracia funciona”, disse Hillary durante o debate. “Temos feito assim por cerca de 240 anos. Tivemos eleições livres e justas. Aceitamos os resultados quando muitas vezes não gostamos deles. E é isto que deve ser esperado de qualquer um neste palanque de debate durante uma eleição geral.”

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE