TRT ‘devolve’ comando do sindicato a Forti

O TRT derrubou a liminar que determinava a saída do presidente do sindicato dos servidores de Americana Toninho Forti. A decisão anterior havia determinado também a realização de novas eleições em até 180 dias sob o comando do vice-presidente.
O processo era uma ação coletiva movida pelo servidor Rogério André Vanzo, além de outras 29 pessoas do grupo dissidente que chegou a fazer parte da atual diretoria. Vanzo fez parte do sindicato, mas rompeu com o grupo e passou a fazer oposição. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE