Três devem ser reeleitos este domingo

As pesquisas divulgadas, o cenário dividido e o referendo indicam que os candidatos à reeleição Bill Vieira de Souza (PSDB), Denis Andia (PV) e Omar Najar (PMDB) serão reeleitos neste domingo em Nova Odessa, Santa Bárbara d’Oeste e Americana. Em Sumaré, o quadro se apresenta bem mais dramático para a tucana Cristina Carrara. 
Como o pessoal (torcidas) tem dificuldade pra entender, aqui vai uma explicação.
Os percentuais apresentados são as chances de cada um dos atuais prefeitos serem eleitos este domingo, e não o percentual de votos a serem obtidos nas urnas.
?? uma simples projeção das chances de reeleição, e não os percentuais apurados em pesquisas.
Omar- 85% a 90% de chance- Eleito em 2014 com 92 mil votos, deve surfar nessa votação gigante e, mesmo que perca até 30 mil votos (pouco provável), ainda ganha a eleição.  Como não traiu seu discurso de eleição, enfrentará cenário tranquilo para mais 4 anos de mandato.  
Dênis- 70-75% de chance– A disputa contra adversários já batidos em 2012 e o fracionamento da oposição deixaram o caminho para a reeleição de Andia mais tranquilo do que se desenhava em 2015.A cisão do PV culminou com o apoio do time que saiu indo para o DEM para apoiar o ex-prefeito Zé Maria, que perdeu o PSDB para Joel Oliveira. Outra ‘sorte’ de Andia foi que nenhum dos novatos conseguiram crescer para fazer frente.  

Bill- 65-70% de chance. Enfrentou alguma dificuldade por ter apenas um adversário de verdade na eleição. O ex-prefeito Zé Mário (PRB), que contava com o apoio do outro ex-prefeito forte, Manoel Samartin (PDT), subiu na corrida, como era de se esperar, mas não chegou a criar maiores riscos para o tucano.

Cristina- 48 a 51% de chances de vitória. Ela passou mais da metade do mandato com a ‘espada’ da cassação em sua cabeça. Venceu nos tribunais e foi  atingida pela crise econômica de 2015. Viu seu vice rachar e se tornar a alternativa do pai, o ex-prefeito Dirceu Dalben (PPS). A organização do pleito também foi ruim para Cristina, com duas candidaturas enfraquecidas no páreo. Deve fazer uma eleição ‘cabeça a cabeça’ com Luiz Dalben. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE