Travesti encontrada morta no rio em Americana

O corpo encontrado no Rio Piracicaba, em Americana, na manhã desse domingo (9) foi identificado. A vítima estava desaparecida desde o dia 3 desse mês, era transexual e vivia em Sertãozinho. O corpo, encontrado por um pescador, foi identificado pelo Instituto Médico Legal (IML) de Americana, como Murilo Garrefa Silveira, de 25 anos.

Conhecida como Alice Garrefa, trabalhava como Maquiadora e, de acordo com familiares, estava em um relacionamento com um homem de Florianópolis (SC). Porém, foi relatado que estava sofrendo ameaças do companheiro. De acordo com o boletim de ocorrência feito no dia 4 de agosto, o ex-namorado teria ligado para ela na noite anterior, se passando por outra pessoa. Assim, a convidou para se encontrarem em um motel na cidade de Ribeirão Preto.

Então, ela aceitou o convite e, após ficarem cerca de dez minutos no local, saíram em um veículo Fiat Toro, mas Alice ficou desaparecida. Ademais, a forma como aconteceu o crime não foi divulgada, e a Polícia Civil está investigando o caso.

Após policialpadrao

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE