Transplante capilar e retorno às atividades no dia seguinte

A menos invasiva e inovadora forma de transplantar fios com segurança, a FUE, Extração de Unidades Foliculares originária do inglês Follicular Unit Extraction ganha mais um ponto a seu favor. Cada vez mais indicada pelos médicos e procurada por pessoas que sofrem de alopécia androgenética, a calvície, por não necessitar de corte ??? a remoção é feita um a um por meio de pequenos orifícios que se fecham em aproximadamente um a dois dias ??? o transplante pela técnica FUE pode ser feito sem que seja necessário raspar a cabeça antes do procedimento.
Segundo o Dr. Antonio Ruston, cirurgião plástico que está à frente da clínica que leva o seu sobrenome, referência na América Latina e pioneira na utilização da técnica de FUE no Brasil desde 2009, explica a evolução: ???A área doadora pode ser mapeada como se fosse um pequeno tabuleiro de xadrez onde somente as ???peças brancas??? são cortadas, intercalando a área raspada. Para aplicar esta nova forma de preparar o paciente, de modo ???camuflado???, é necessário que os cabelos estejam com no mínimo 5 centímetros de comprimento e o mapeamento e preparação da área doadora é realizado na clínica um dia antes do procedimento. Embora mais trabalhosa de ser executada, o paciente não necessita interromper suas atividades profissionais, e neste caso, podem ser extraídas por sessão cerca de 1.000 unidades???, complementa Ruston.
A téncica FUE é também a mais indicada para cobrir pequenas falhas em diversas áreas do corpo como barba, sobrancelhas e cicatrizes.
A vantagem de se fazer sem a raspagem total dos cabelos é a menor visibilidade no pós-operatório como na convencional técnica FUT possibilitando maior discrição ao paciente.
 
Conheça as outras vantagens da extração de unidades foliculares (FUE) em relação à técnica convencional (FUT) 
·  Ausência de uma cicatriz linear para aqueles que querem usar cabelo bem curto ou totalmente raspados
·  Menos desconforto e ausência de dor no pós-operatório
·  Possibilidade de retornar à atividade física intensa já no dia seguinte, devido ao menor tempo de cicatrização da área doadora
·  Possibilidade de obter cabelo mais fino da região da nuca para ser utilizado na área frontal (hairline) para proporcionar aspecto de penugem e perfeição ao resultado
·  Possibilidade de obter cabelo de outras áreas: barba, tórax, etc.
·  Possibilidade de corrigir uma cicatriz alargada de uma cirurgia anterior sem necessidade de uma nova incisão
·  Possibilidade de realizar transplante mesmo nos pacientes com couro cabeludo sem elasticidade ou que têm tendência a cicatrizes alargadas ou hipertróficas
·  Uso em procedimentos corretivos para remover ou diminuir ???tufos??? transplantados no hairline
·  Uso em casos em que a área doadora está ???exausta??? e exaurida por cicatrizes de cirurgias anteriores 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE