Trade marketing no canal B2B: como se destacar?

Conquistar a preferência do shopper no ponto de vendas não é tarefa fácil, por isso, o trade marketing aposta nas estratégias em canal B2B (Business to Business) para impulsionar o aumento de vendas. Essa estratégia consiste em incentivar a compra de produtos por distribuidores e varejistas, com o objetivo de criar demanda e oferta constante.

No entanto, entrar no canal B2B exige muito planejamento e esforço da indústria, e poder contar com uma ferramenta de trade marketing é fundamental para alinhar os processos, como a roteirização da equipe externa. Quer saber como entrar no mercado B2B e se destacar com as estratégias de trade marketing? Então, continue a leitura!
Por que apostar na estratégia B2B?
O consumidor final escolhe os produtos com base não só no preço, mas na popularidade, status social e outros fatores sociais e emocionais. Já os compradores dos distribuidores e varejistas tomam decisões baseadas no potencial de lucro e preço.
Desse modo, o trade marketing tem como vantagem construir bons negócios entre os varejistas e a indústria. O resultado dessas negociações são produtos mais bem posicionados no PDV e marcas com maior visibilidade, se comparadas àquelas que não investem nas estratégias e ferramentas de trade marketing.
Como implantar o trade marketing no canal B2B?
Para implantar o trade marketing no canal B2B, você precisa ter uma boa relação com o distribuidor/varejista, portanto, deve entender o que ele realmente precisa para vender mais os seus produtos.
Os resultados desses parceiros serão os resultados da sua marca também. ?? necessário adequar seus objetivos de venda aos objetivos dos distribuidores/varejistas. Com uma parceria de sucesso, vocês aumentarão o conhecimento de ambas as marcas e o grau de competitividade no mercado em que atuam.
Como implantar o trade marketing no canal B2B?
1. Planejamento e estratégiaO primeiro passo é fazer um planejamento estratégico e financeiro. Após, é necessário visitar seus parceiros para poder entender as dificuldades e potencialidades do distribuidor/varejista, e saber como vocês podem firmar uma parceria forte.
2. Pesquisar?? importante ter em mãos o histórico de vendas dos produtos, e, se possível, informações dos principais concorrentes, de modo a ter um embasamento para criar a estratégia de trade no canal B2B.
3. Implantação e acompanhamentoApós desenhar as estratégias da campanha de trade marketing para o mercado B2B, é preciso treinar a equipe e acompanhar os processos. Neste estágio, contar com um app de trade marketing é fundamental para acompanhar as atividades e estabelecer uma comunicação em tempo real com a equipe. Esse acompanhamento é importante para fazer os ajustes necessários na busca por melhores resultados.
4. Trace e acompanhe as metasCom o objetivo de fomentar o engajamento da equipe (promotores, representantes e parceiros), crie premiações para a participação na campanha. Estabeleça uma meta de envolvimento de, pelo menos, 70%, com, no mínimo, 20% da meta atingida para efetivar a premiação àqueles que mais se destacaram.
Tenha em mente que, na parceria indústria e varejo, quem ganha é o consumidor final, pois quem pratica o trade marketing tem melhores preços. Assim, embora as estratégias B2B não estejam focadas no consumidor, é para ele que chegam os benefícios mais evidentes. Com isso, a marca ganha fidelização em uma proporção maior que a concorrência.
E você já sabe: acompanhamento é fundamental, por isso conte sempre com as ferramentas de trade marketing.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE