Téo critica Americana ‘parada’

O país tem sofrido muito com a desaceleração da economia, menor arrecadação em razão da diminuição da atividade industrial e comercial junto a um cenário penoso e difícil para trabalhadores (com risco de demissões, os que ainda continuam empregados), comerciantes, empresários e prestadores de serviço.

Americana, por sua vez, não bastasse a complicada situação econômica do país, vem sofrendo com peculiaridades que tornam as circunstâncias muito árduas para os comerciantes, vendedores, prestadores de serviços, taxistas, ambulantes, etc … 
A obra do novo terminal urbano, da EMTU custa a sair, com ludibriosas previsões de entrega (agora proposta para dezembro de 2015) tem atrapalhado muito o comércio no centro da cidade. Muitas lojas baixaram as portas (somente na Av. Dr. Antonio Lobo, foram 11) e não exercem mais sua atividade pujante que atraía a população para o calçadão e centenas de pessoas da região e do estado, que semanalmente vinham para Americana em busca de tecidos, malhas, moda e confecções. Muitos comércios sobrevivem a duras penas e muita luta em meio a demissões, corte de gastos, diminuição de despesas e operações; são empresários, comerciantes e vendedores corajosos e empenhados que não deixam a peteca cair.
Parafraseando o mestre Gonzaguinha ???Eu acredito é na rapaziada, que segue em frente e segura o rojão; eu ponho fé é na fé da moçada, que não foge da fera e enfrenta o leão. Eu vou à luta com essa juventude, que não corre da raia a troco de nada, eu vou no bloco dessa mocidade, que não tá na saudade e constrói, a manhã desejada.???
O mais triste da situação que contribui em muito com a diminuição da atividade econômica local é a indústria da multa estabelecida na cidade. Alguns agentes de trânsito não permitem a carga e descarga de mercadorias, não permitem vendedores levarem os produtos dos clientes nos veículos, não respeitam a carência de 20 minutos da área azul, sempre de talão e caneta na mão, com a única frase soletrada: ???não posso fazer nada, tenho que multar???. Muitas vezes de maneira abusiva e em desrespeito a legislação e ao mínimo de bom senso. 
O mais intrigante é que os agentes de trânsito seguem ordens e diretrizes da atual administração. Estaria a atual administração conivente com a prática e com o desaquecimento do comércio local? Adianta transformar multas de trânsito em arrecadação e sangrar a economia da nossa cidade?A principal reclamação no centro da cidade é que o abuso na aplicação de multas por infrações de trânsito tem culpa direta na baixa das vendas do comércio e no encolhimento da economia do município?
Perdem os comerciantes, perdem os vendedores, perdem os ambulantes, perdem os prestadores de serviço, perdem os taxistas, perde a população que tem hoje na imagem da Guarda Municipal o medo e a ameaça de ver o papelzinho amarelo no para brisa, sem qualquer orientação, defesa, educação ou sensibilidade. A GAMA antes querida, respeitada e responsável por recordes de flagrantes, apreensões, ocorrências sociais, hoje está desmantelada e desmotivada, se limitando a se submeter a metas de cumprimento de aplicação de multas de trânsito. Grande benefício esse para a população. ?? esse o serviço público de qualidade, que a administração propõe para nosso povo?A caneta não é só no seu carro, mas na atividade comercial da nossa cidade. Tenho buscado contestar e ajudar a solucionar essa questão, mas vemos que a atual administração não toma qualquer providência e não demonstra boa vontade nesse sentido. O correto é orientar nossos motoristas, motociclistas, pedestres e crianças. Ensinar mais e punir menos. ?? a nossa sugestão.
Téo FeolaAdvogado, Vereador do PCdoB e Ex Diretor Comandante da GAMA

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE