Tênis apertado para corrida é problema

A dor na região do calcanhar posterior ou superior é geralmente causada pelo tendão de Aquiles (calcâneo) e por bursite associada. As seguintes bursas estão localizadas logo acima da inserção do tendão de Aquiles:

– Subtendínea bursa do calcâneo: esta bursa (também chamada de bursa retrocalcaneal), situada anterior (de profundidade) para o tendão de Aquiles, está localizado entre o tendão de Aquiles e o calcâneo

– Subcutânea bursa calcâneo: também chamado de bursa de Aquiles, é encontrado posterior (superficial) para o tendão de Aquiles, que se encontra entre a pele e o aspecto posterior do tendão de Aquiles distal.

– Inflamação de um ou ambos destes bursas pode causar dor nas regiões do calcanhar e do tornozelo posteriores principalmente próximo ao maléolo média. A síndrome de Haglund é uma condição intimamente associada a bursite do calcâneo e cursa geralmente com deformidade óssea.

Fisiopatologia
A inflamação da bursa do calcâneo é causada por excesso de uso repetitivo e trauma cumulativo, como visto nos corredores usando sapatos apertados. Tais bursites também podem estar associada a condições tais como a gota, artrite reumatoide e espondiloartropatias soronegativas.

Em alguns casos, a bursite do calcâneo subtendínea é causada por choque entre a bursa do tendão de Aquiles e o osso do calcâneo, que geralmente está saliente.

Queixas
As seguintes reclamações são comumente relatadas pelos pacientes.:

– Dor no calcanhar posterior é a queixa principal
– Os pacientes podem relatar claudicação (andar mancando)
– Alguns indivíduos também pode relatar um inchaço
– A condição pode ser unilateral ou bilateral.
– Os sintomas são muitas vezes pior quando o paciente começa a primeira atividade após o descanso.
– Vermelhidão no calcanhar
– A área inflamada, que pode ser ligeiramente quente ao toque, é geralmente sensíveis à palpação.

Causas
– Overtraining em um corredor (por exemplo, um aumento excessivo da quilometragem ou intensidade)

– Sapatos apertados ou mal ajustados que, podem causar muita pressão sobre o calcanhar posterior e tornozelo

– Haglund deformidade (saliência do osso do calcâneo), causando o choque entre o superior proeminência calcâneo aumento posterior e o tendão de Aquiles durante dorsiflexão.

– Uma pesquisa mais recente (Reule CA, Alt WW, Lohrer H, Hochwald H. Spatial orientation of the subtalar joint axis is different in subjects with and without Achilles tendon disorders. Br J Sports Med. Oct 2011;45(13):1029-34.) sugere que um eixo subtalar desalinhado (medido em termos de inclinação) em relação ao tendão de Aquiles pode resultar numa carga assimétrica de força sobre o tendão, interrompendo a biomecânica normal. Este eixo da articulação alterada está associado com um risco aumentado de patologias, incluindo bursite de Aquiles.

Tratamento

Fisioterapia
1- Alongamento do tendão de Aquiles gradual e progressivo pode ajudar a aliviar a invasão na bursa calcâneo subtendinea. O alongamento do tendão de Aquiles pode ser realizado com o pé no plano do chão e inclinar para a frente para a parede até que um alongamento suave é sentido no tendão de Aquiles. Manter por 20 e 60 segundos e, em seguida, é descontraído.

Para maximizar o benefício do programa de alongamento, o paciente deve repetir o exercício várias vezes por dia.

2- Colocação de gelo no calcanhar posterior e tornozelo, a fim de reduzir a inflamação e dor. Pode ser realizada durante 15 e 20 minutos a uma hora, várias vezes por dia, durante o período agudo, que pode durar vários dias. Alguns médicos também defendem o uso de banhos de contraste, ultrassom ou fonoforese, iontoforese, ou estimulação elétrica para o tratamento da bursite do calcâneo.

3- O nível de atividade do paciente precisa ser diminuído como resultado desta condição, (por exemplo, natação, hidroginástica) devendo ser substituído por meios alternativos de manutenção da força e da aptidão cardiovascular.

Intervenção Cirúrgica
Para os pacientes que têm sintomas persistentes ou progressivos, sem melhora com as orientações acima, as seguintes intervenções cirúrgicas são as opções que o especialista em pé e tornozelo pode sugerir:

1- A ressecção da deformidade de Haglund , removendo a proeminência do calcâneo superoposterior (ostectomia)
2- Excisão da bursa dolorosa ou bursas
3- Desbridamento da inserção de Aquiles ou do próprio tendão
4- Nos casos de ruptura do tendão de Aquiles ou avulsão, cirurgia re-anastomose é indicada.
5- Remoção endoscópica do tecido bursa inflamada e ressecção do osso proeminente.

A tendência do especialista é ser minimamente invasivo para que o atleta volte o mais rápido às suas atividades. Espero que essas dicas ajudem a aliviar os sintomas e prevenir suas dores nos calcanhares e que seu ano comece 100% bem e saudável!

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE