Tiroteio no Picerno termina com 17 presos

do JNO- Uma mega ação da Polícia Militar desbaratou uma quadrilha especializada em explosões de caixa eletrônico. No total 17 pessoas foram presas após troca de tiros entre policiais e bandidos. De todos os presos, pelo menos dois são conhecidos da polícia novaodessense. Um idoso e duas crianças chegaram a ser mantidos reféns dos criminosos. A ação aconteceu na manhã de sábado no jardim Picerno, na divisa com Nova Odessa. Pelo menos nove viaturas da Polícia Militar e uma do Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais) atuaram na ação. Explosivos, armamento pesado e muita munição foram apreendidos. De acordo com informações do comando da 1ª Cia do 48º Batalhão da Polícia Militar do Interior, policiais receberam informações na madrugada de sábado que dentro de uma casa no jardim Picerno, em Sumaré, havia grande quantidade de materiais explosivos e armamento pesado.
Os policiais cercaram a casa e foram recebidos a tiros. Um sargento e três suspeitos ficaram feridos, um deles com um tiro na mão, disparado pelo próprios companheiros. Todos foram encaminhados ao Hospital Estadual de Sumaré, onde receberam atendimento médico.
Uma bomba foi atirada de dentro da casa contra os policiais e acabou abrindo um buraco na rua. Na tentativa de fugir, a parede da residência foi estourada por dinamite e um idoso e duas crianças que estavam na residência vizinha foram mantidos reféns.
???O local estava cercado e eles pegaram os reféns. Fizemos uma negociação calma e nesse momento nenhum tiro foi disparado???, afirmou o Capitão Sílvio Félix de Araújo. A negociação demorou cerca de 20 minutos. Uma multidão de curiosos se aglomerou ao redor da casa.
Após negociação, os acusados se entregaram. Eles ficaram deitados no asfalto enquanto os policiais faziam uma varredura na casa. No local foram encontrados explosivos em gel, espoletas, um pé-de-cabra, um maçarico, quatro fuzis, uma metralhadora, duas espingardas calibre 12, quatro pistolas, muita munição, celulares, sete coletes balísticos, além de capuz e radiocomunicadores.
Segundo a polícia, a casa servia de ???base operacional??? da quadrilha. A residência tinha um sistema de circuito de câmeras de segurança.
Para o Capitão, com a prisão dessa quadrilha é possível que ocorra diminuição no número de explosões a caixas eletrônicos na região. ???Desarticulamos uma quadrilha grande e o número de ocorrências pode diminuir em um futuro próximo???, disse.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE