Tinder das urnas chega a Americana

Uma ferramenta gratuita que simula o que seria o Tinder das urnas será lançada para ajudar o eleitorado a encontrar candidatos(as) a vereador(a) que tenham mais afinidade de acordo com seu posicionamento. O Vota Americana estará disponível com exclusividade para cinco cidades do Brasil durante o período de campanha eleitoral de 2020, que ocorrerá em grande parte virtualmente, devido à pandemia de Covid-19. Em Americana, a ferramenta estará disponível no final do mês de outubro.

O Vota Americana funcionará assim: o(a) eleitor(a) vai se posicionar em relação a assuntos do cotidiano, dizendo se concorda ou não. Serão questões rápidas e fáceis para que, dentro de poucos minutos, ele(a) tenha uma lista de candidatos e candidatas cadastradas por ordem de quem respondeu mais parecido, uma ordem de afinidade.

A ferramenta é promovida em Americana pela Minha Campinas, uma organização apartidária e independente que busca colaborar com eleições mais democráticas. Ela faz parte da Rede Nossas Cidades (RNC) e, por isso, eleitores(as) de Americana (SP), Campinas (SP), João Pessoa (PB), Recife (PE) e Porto Alegre (RS) poderão utilizar a ferramenta. A RNC, o Frontend Campinas e o Instituto Federal de São Paulo (IFSP) de Campinas são os realizadores do projeto, que tem apoio da Casa Hacker e Politize.

A previsão é que as eleições de 2020 tenham número recorde de candidaturas ao legislativo, principalmente devido ao fim da coligação em disputas proporcionais. Em Americana, são 570 candidaturas, aproximadamente.

“Queremos colaborar para que as pessoas elejam candidatos e candidatas que realmente representem a população. Essa identificação é importante para cobrarmos melhor depois e aproximar a população das decisões políticas. Além disso, teremos muitas candidaturas e uma campanha essencialmente virtual. Por isso, acreditamos que o Vota Americana pode ajudar muito a população! Na cidade de Americana, o projeto estará sob a responsabilidade do Marcos Seignemartin!” disse Marcelo da Minha Campinas.

O grupo ainda garante que a ferramenta terá filtros, para facilitar a vida de eleitores que queiram votar em um perfil específico de candidatura. Após responder as questões, o(a) eleitor(a) poderá escolher se quer ver candidaturas só de homens ou só de mulheres, por exemplo.

A ferramenta dependerá da escolha das candidaturas de inscrever suas posições no banco de dados, para que o cruzamento com as respostas do eleitorado seja possível. O grupo apartidário confirmou já entrou em contato com todos os partidos políticos para convidar todas as candidaturas a participar. Cada candidatura também será convidada individualmente até o fim desta semana a se inscrever pelo mesmo portal: vota.org.br

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE