Tiãozinho Festa das Nações. Prof Antonio período integral e Oseias tarifa social

Tiãozinho quer campanha de auxílio para entidades

Vereador propõe que a Secretaria de Desenvolvimento Econômico mobilize a sociedade

Com a pandemia e a necessidade de isolamento social trazida por ela, Nova Odessa não teve a tradicional Festa das Nações em 2020 e a realização do evento em 2021 segue incerta. Além de um evento tradicional no calendário municipal, a Festa das Nações é uma das principais fontes de renda das entidades assistenciais do município.

“A Festa das Nações era uma importante fonte de recursos financeiros às entidades beneficentes, que contavam com o aporte oriundo daquele evento para saldar vários compromissos”, explicou o vereador. Segundo Tiãozinho, somente o aporte público dado às entidades não é suficiente para cobrir todos os custos e, por isso, elas precisam de outras formas de auxílio financeiro.

Por isso, em requerimento aprovado na sessão da última segunda-feira na Câmara de Nova Odessa, o vereador solicita informações da prefeitura sobre a possibilidade de desenvolver um projeto especial, que seria conduzido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social e pelo Fundo Social de Solidariedade para mobilizar a sociedade e auxiliar financeiramente as entidades.  Uma das propostas, que de acordo com o vereador já foi apresentada à Diretoria de Cultura, é promover um “evento on line” em outubro, com a possibilidade de realização de lives e campanha para arrecadação de fundos para as entidades, em parceria com a prefeitura.

 

Prof Antonio quer período integral em todas as escolas

Atualmente quatro escolas funcionam das 7h às 15h50 em Nova Odessa

Por meio de indicação, o vereador Antonio Alves Teixeira, o Professor Antonio, defende a implantação de ensino integral em todas as unidades de ensino da rede municipal de Nova Odessa. De acordo com o vereador, com o ensino integral, além de ampliar a proposta pedagógica, os pais que trabalham ficam mais tranquilos sabendo que seus filhos estão na escola. “O ensino em tempo integral garante melhor formação para as crianças e mais segurança para os pais”, afirmou.

Nova Odessa conta atualmente com quatro unidades com ensino integral: a Emefei  Paulo Azenha, que fica na Vila Azenha, Alzira Delega (Green Village), Augustina Paiva (Jardim São Francisco) e Almerinda Delega (Parque Residencial Klavin). Nessas unidades o horário de aulas é das 7h às 15h50. Durante o período de aulas, os alunos recebem quatro refeições por dia. Quanto ao ensino, além das matérias regulares, como Língua Portuguesa e Matemática, por exemplo, são desenvolvidas outras atividades como oficinas de jogos matemáticos, leitura e redação, teatro, cultura e cidadania, educação ambiental e saúde e qualidade de vida.

Em 2013, de acordo com informações divulgadas pela prefeitura, a cidade contava com 150 alunos em período integral. No ano passado eram 565 alunos. “E eu trabalharei para que todos os nossos alunos possam ter acesso a esse sistema”, disse Antonio.

Oseias cobra implantação de tarifa social de água e esgoto

Segundo parlamentar, desde 2019 a Coden poderia ter implantado a cobrança diferenciada

 O vereador Oseias Domingos Jorge está cobrando posicionamento da Coden Ambiental sobre a implantação da tarifa social, destinada principalmente a consumidores carentes e, neste período de pandemia, a todos aqueles que foram afetados pela crise econômica.

Em requerimento aprovado na última sessão, o vereador afirma que, em resposta a requerimento feito pelo presidente da Casa, Elvis Ricardo Maurício Garcia, o Pelé,  e pelo vereador Sebastião Gomes dos Santos, o Tiãozinho do Klavin, no início do ano, a Coden informou que a tarifa não foi instituída em 2018, quando foi publicada resolução da Ares-PCJ prevendo a cobrança diferenciada, porque a empresa já havia feito o reajuste naquele ano. “Já em 2020 e 2021 houve a suspensão dos reajustes tarifários”, completa a empresa na resposta.

Outro questionamento feito pela presidente na época estava relacionado aos comerciantes, que tiveram seus rendimentos reduzidos por conta da crise econômica agravada pela pandemia. A resposta da Coden foi de que estava sendo realizado um estudo para implantação de regime especial de pagamento. Não satisfeito com as respostas encaminhadas pela Coden, o vereador Oseias fez novos questionamentos. “Entendemos ser improcedentes as justificativas apresentadas pela Coden, para a não implantação da tarifa residencial social em nosso município”, diz o vereador no requerimento.

Entre os questionamentos encaminhados agora à Coden o vereador pergunta se há a possibilidade de se promover a alteração da resolução para promover a inclusão e a regulamentação da tarifa residencial social em Nova Odessa e se os estudos iniciados pela Coden sobre a implantação de regime especial de pagamento de contas de água e esgoto já foram concluídos. Questiona ainda se há possibilidade de elaboração de projeto de lei dispondo sobre o parcelamento dos débitos em atraso.

Durante a sessão, o vereador afirmou que recebeu, informalmente, a informação de que a administração municipal está elaborando um estudo para ampliar o parcelamento de débitos.

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE