Thiago Martins faz avaliação do 1o ano

NM- Como você avalia 2017?Meu primeiro ano de mandato foi desafiador. Estive à frente de cobranças relacionadas a temas delicados, como possíveis irregularidades financeiras na educação, saúde, transporte (que inclusive, institui comissão especial para tratar do tema), segurança, entre tantos outros aspectos pertinentes para a cidade.Fico contente pois em meu mandato muito já foi conquistado, mas algumas lutas ainda não, pois, infelizmente, nem tudo cabe ao vereador, somos dependentes de outras esferas em muitas coisas.Apesar de desafiador, considero o ano produtivo, e o encerro com a meta de trabalhar e construir ainda mais em 2018.
NM- Esperava ter feito mais?Eu espero realizar mais todos os dias, mas quanto ao primeiro ano de trabalho, atingi muitos objetivos. Desde o primeiro dia me dedico só à vereança, 24 horas; Meu mandato é no gabinete, é brigando nos ??rgãos competentes pra que as coisas aconteçam e é na rua. Trabalho por Americana e isso é gratificante.Nem tudo o vereador pode fazer, mas o que está ao meu alcance é sempre alvo de muito trabalho e a perspectiva vai ser fazer sempre mais por nós, americanenses.
NM- Qual é seu orgulho?Inúmeras coisas aconteceram após nossa luta, mas como maior orgulho eu vejo um transporte Coletivo melhor surgindo em Americana.Há muito tempo a população paga por um serviço ruim e nada se alterava. Nós merecemos qualidade e nossa briga fez com que soluções começassem a ser pensadas e planejadas.A VCA deixou de prestar serviços, novas empresas foram selecionadas, decisões judiciais estão em andamento… Por nosso trabalho, começaram a despontar sinais de mudanças, as quais já estou previamente estudando e analisando pra que só ocorram se for pra melhor.Eu sonho com um transporte justo em Americana, depois de incontáveis anos estagnado, brigo pra que venha de vez a evolução.
NM- O que espera pra 2018?Em 2018 pretendo intensificar os atendimentos na rua, estar ainda mais presente, perto, ouvido e vendo o que a cidade precisa, pois, nem tudo é o que está no papel.Vou continuar a luta por um transporte melhor, por uma saúde mais humana, por uma educação decente. 2017 foi ano de trabalho árduo, mas foi só o começo de um projeto grande, que consiste em, todos os dias, lutar pelo que eu sonho para Americana.Aos poucos, com muito suor, o nosso trabalho está construindo o futuro, o próximo ano será mais uma etapa disso.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE