Terminamos 2018 devendo um pouquinho menos

A inadimplência do consumidor caiu 1,1% ao longo do ano de 2018, de acordo com dados nacionais da Boa Vista. Na avaliação mensal com ajuste sazonal, dezembro apresentou variação negativa de 0,9% frente a novembro. Quando comparado o resultado contra o mesmo mês de 2017, o indicador caiu 1,9%.. Regionalmente, na análise acumulada do ano, ocorreu queda nas regiões Centro-Oeste (-3,8%), Norte (-4,8%), Nordeste (-1,7%) e Sudeste (-0,4%). Já na região Sul houve alta de 0,2%. As adversidades ocorridas na economia ao longo dos últimos anos fizeram com que as famílias ficassem mais cautelosas, o que inibiu o consumo e a tomada de crédito, contribuindo para a queda do fluxo de inadimplência. Passado o período mais intenso da crise econômica, o indicador demonstra sinais de que caminha para estabilização, após três anos consecutivos de queda nos registros. Ainda assim, a manutenção de um ritmo estável do estoque de inadimplência está condicionada por uma recuperação mais consistente do mercado de trabalho, redução dos juros e evolução da renda.
Metodologia
O indicador de registro de inadimplência é elaborado a partir da quantidade de novos registros de dívidas vencidas e não pagas informados à Boa Vista pelas empresas credoras. As séries têm como ano base a média de 2011 = 100 e passam por ajuste sazonal para avaliação da variação mensal. A partir de janeiro de 2014, houve atualização dos fatores sazonais e reelaboração das séries dessazonalizadas, utilizando o filtro sazonal X-12 ARIMA, disponibilizado pelo US Census Bureau. 
A série histórica do indicador está disponível em: www.boavistaservicos.com.br/economia/registro-de-inadimplencia

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE