Tabacaria e bar lotados fechados por furar Pandemia

Uma tabacaria e um bar foram alvo de ação da GCM (Guarda Civil Municipal) Nova Odessa– que teve um final de semana de muito trabalho. Nas maiores ocorrências, a atuação foi realizada em conjunto com a Polícia Militar. Já na madrugada do sábado (13/02), equipes das corporações atenderam a duas grandes ocorrências de perturbação do sossego, aglomeração e infrações de trânsito que ganharam repercussão na imprensa regional.

A primeira delas foi em uma tabacaria da Rua Tamboril, no Jardim Capuava. Em seguida, foi feita a dispersão da aglomeração causada por uma “balada” com som alto em uma chácara na Avenida Natália Klava Muth, no Lopes Iglesias. Em ambos os casos, as denúncias foram feitas por cidadãos, através do telefone da Guarda.

No Capuava, “foi constatada uma grande aglomeração de pessoas na rua e no interior do estabelecimento, além de som abusivo proveniente do interior da tabacaria”. “As pessoas que estavam na rua foram dispersadas e, em seguida, o proprietário da tabacaria foi qualificado e orientado sobre a aglomeração e a perturbação do sossego. O mesmo ainda foi orientado a dispersar as pessoas que estavam no interior do estabelecimento e encerrar as atividades, visto que os decretos estadual e municipal em vigor que versam sobre o período de quarentena devido à pandemia de Covid-19, além do alvará do local restringir o horário de funcionamento somente até às 23h”, traz o relatório da Guarda.

Em seguida, as equipes da GCM e da PM se deslocaram até uma chácara no Lopes Iglesias onde estava ocorrendo uma festa (“fluxo”) também com grande aglomeração de jovens e som abusivo. “Feito contato com o responsável pela festa e o mesmo, após receber todas as orientações, dispensou os convidados e encerrou a festa. Em ambos os locais foram constatadas diversas infrações de trânsito onde foram tomadas as devidas providências”, completou o comando da Guarda. Foram lavradas quatro autuações de trânsito, e relatórios das ocorrências serão enviados para a Vigilância Sanitária e à Fiscalização de Obras e Posturas do Município.

Por fim, já no domingo à noite, a corporação municipal e a PM estadual voltaram ao mesmo estabelecimento no Jardim Alvorada já conhecido por ser ponto de aglomeração de jovens sem respeitar as regras do distanciamento social impostas pela pandemia. “O local já estava fechado, somente os proprietários estavam fazendo a limpeza, porém várias pessoas (frequentadores do local) ainda estavam na rua. O pessoal foi dispersado e confeccionamos um novo boletim de ocorrência”, finalizou a corporação municipal.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE