Sumaré quita 1ª parcela do 13º dos colaboradores municipais

Apesar de todas as dificuldades impostas pela pandemia do coronavírus, Sumaré novamente deu um passo à frente e quita nesta quarta-feira, dia 2, o pagamento da primeira parcela do 13º salário dos colaboradores municipais. A antecipação do benefício, que por lei deve ser paga até 30 de novembro, é uma medida adotada desde 2017 para melhor funcionamento da máquina pública, por meio do planejamento das receitas e despesas. Além disso, o salário referente ao mês de maio também será pago, antecipadamente, a todo o funcionalismo e programa Pra Frente.

Foram depositados R$ 2.950.402,76 referentes aos 50% do 13º, para os colaboradores aniversariantes de junho a dezembro – os demais já receberam o benefício –, e R$ 17.420.398,74 referentes ao pagamento mensal. Além da valorização do colaborador, o pagamento antecipado aquece e fortalece o comércio local, permitindo que os colaboradores municipais façam suas compras neste fim de semana prolongado – seguindo, claro, todos os cuidados que a Covid-19 exige.

“Desde que assumiu seu mandato, em 2017, o prefeito Luiz Dalben vem realizando o pagamento de 50% do 13º no decorrer do ano, para não sobrecarregar a folha do mês de dezembro e também para valorizar nossos colaboradores, que vinham sofrendo com o descaso de administrações anteriores”, explicou o secretário de Finanças, Eder Ruzza.

“Mesmo com todos os desafios impostos pela pandemia, principalmente com relação à queda na arrecadação, os salários dos colaboradores estão em dia, já quitamos a primeira parcela do 13º e também conseguimos dar continuidade a diversas obras e melhorias para a população. Além disso, com o pagamento antecipado aquecemos o comércio local neste feriado prolongado, fazendo nossa economia girar. Não é uma tarefa fácil, mas com planejamento e, principalmente, respeito ao dinheiro público, ao servidor e à população, é possível”, acrescentou.

Salário em dia e 13º adiantado são apenas parte de um pacote de ações de valorização do funcionalismo público implantado pela atual gestão em Sumaré. Após vários anos em que o dissídio da categoria ficou “congelado”, o prefeito Luiz Dalben também garantiu mais de 10% de reajuste salarial para todo o funcionalismo. Além disso, também houve reajuste do auxílio-saúde, implantação do cartão de vale-alimentação e do abono natalino.

Outras medidas incluem oferecer melhores condições de trabalho aos colaboradores, com reformas dos prédios públicos e aquisição de novos equipamentos, além de cursos de capacitação internos e parcerias com unidades de ensino da cidade, que garantem descontos em diversos cursos aos servidores municipais, principalmente cursos de nível superior e técnico.

“Procuramos honrar e valorizar aquele que tem a responsabilidade de prestar serviços essenciais à população sumareense em todos os setores municipais: nossos colaboradores! Mesmo com as dificuldades financeiras impostas aos municípios brasileiros por causa da pandemia do coronavírus, temos priorizado o funcionalismo público e fazemos todos os esforços para manter em dia e até mesmo antecipar o pagamento e benefícios, resgatando sua autoestima e valorizando aqueles que dedicam seus dias cuidando de Sumaré e do nosso povo”, disse o prefeito Luiz Dalben.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE