Sumaré vai debater privatização do DAE

A prefeita de Sumaré, Cristina Carrara, e o presidente do DAE (Departamento de Água e Esgoto), Valmir Ferreira da Silva, prometem que o processo de concessão onerosa porperíodo determinado dos serviços de Saneamento Básico da cidade será amplamente divulgado e debatido com a comunidade 
O cronograma de reuniões teve início no dia 16, com a apresentação, aos vereadores, do estudo que apontou a concessão através de licitação pública como única forma de garantir os investimentos da ordem de R$ 360 milhões necessários para melhorar o sistema de água e esgoto da cidade, universalizando o acesso aos serviços de Saneamento Básico, evitando que novas empresas deixem de se instalar na cidade como vem ocorrendo, acabando com a constante falta de água e tratando todo o esgoto doméstico.
CRONOGRAMA- Nesta quarta, dia 22, foi a vez de o setor empresarial da cidade ser informado e discutir os detalhes do estudo, em reunião na Acias (Associação Comercial). Já há novos encontros marcados. Também haverá a realização de audiências públicas, em momento mais adiantado do processo e antes da publicação do edital.
???Nossa intenção é nos reunirmos com todos os segmentos da sociedade. Nos próximos dias, por exemplo, devemos nos reunir com os párocos da Igreja Católica e também com os pastores evangélicos, que são importantes multiplicadores de informação. Já estamos solicitando uma reunião com a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e contatando todas as entidades assistenciais beneficentes da cidade, para agendar uma data. Também estamos respondendo todos os ofícios com pedidos de informações que estão chegando e solicitando uma reunião com o Conselho Municipal de Saúde. Em seguida, vamos fazer o mesmo com os clubes de serviço???, elencou Cristina Carrara.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE