Sumaré terá Programa de Educação Ambiental

As escolas municipais de Sumaré Maria Ap. de Jesus Segura e Antonio Palioto – localizadas no Assentamento II e Parque Emília, nas imediações de linhas férreas, respectivamente – são as primeiras a receberem o Programa de Educação Ambiental e Segurança Ferroviária da Rumo, em parceria com a Prefeitura de Sumaré. A ação tem início neste dia 14 e é direcionada às crianças entre 10 e 12 anos, do 4° e 5° ano do Ensino Fundamental, com oficinas no período da manhã ou tarde.
O material desenvolvido para as ações junto às escolas é voltado à conscientização dos estudantes no que diz respeito à segurança na via férrea; preservação da fauna silvestre e da fauna doméstica; reciclagem e reaproveitamento de resíduos, bem como a redução da geração dos mesmos; importância da ferrovia no desenvolvimento do país, e melhoria da convivência entre a população de entorno e a ferrovia.
Trata-se de um importante apoio pedagógico, já que o programa consiste nos cuidados que se deve ter com a segurança ferroviária e com o meio ambiente. Para o prefeito Luiz Dalben o programa é de suma importância para a conscientização das crianças porque a ação aborda questões sobre segurança e bem-estar de comunidades adjacentes às linhas de trem por meio de atitudes seguras, que devem ser adotadas na prática, e para o fortalecimento da parceria com a Rumo. ???Agradecemos à direção da Rumo pela excelente iniciativa de trazer o Projeto para conscientização dos cuidados ambientais na formação de nossas crianças???, destacou o chefe do Poder Executivo.
A ideia do programa é desenvolver ???valores ambientais??? junto aos colaboradores, terceiros e nas comunidades do entorno da ferrovia; criar agentes multiplicadores quanto à divulgação e disseminação de boas práticas ambientais na sociedade; conscientizar o público escolar quanto à importância da segurança ferroviária e conservação do meio ambiente de entorno; e monitorar as ações da concessionária para atendimento às normas de saúde e segurança.
O conteúdo é permeado por atividades lúdicas, tendo em vista que a brincadeira descontrai e ajuda a fixar a informação. Além disso, a ludicidade alcança todas as faixas etárias e ajuda no desenvolvimento do ser humano porque permite experimentar, criar e expressar, contribuindo para saúde física e emocional. As brincadeiras são excelentes oportunidades para nutrir o vocabulário da criança, pois o contato com diferentes objetos e situações estimula a linguagem interna.
Após a apresentação os Agentes Rumo realizam um jogo para fixar os conceitos,  avaliação e entregam de uma cartilha com as informações abordadas, além de um jogo para que as crianças possam brincar em casa.
O ProgramaO Programa de Educação Ambiental – Rumo x Prefeitura foi elaborado com base em atividades pedagógicas de ensino-aprendizagem que abrangem a relação dos indivíduos com o meio natural e com o meio construído, envolvendo questões que englobam as linhas férreas sob vários aspectos, principalmente sociais e ambientais, propondo ações que contribuam para a melhoria da qualidade de vida e da segurança nas comunidades atendidas pelo programa. Aborda os conteúdos e suas interdependências, fornecendo informações que possibilitam a compreensão da importância da conservação dos recursos naturais, integrando conteúdos e atitudes relacionados ao meio ambiente urbano/construído, como a importância da minimização da geração de resíduos e a separação e destinação correta.
Conforme as Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica, ???a educação ambiental envolve o entendimento de uma educação cidadã, responsável, crítica, participativa, em que cada sujeito aprende com conhecimentos científicos e com o reconhecimento dos saberes tradicionais, possibilitando a tomada de decisões transformadoras, a partir do meio ambiente natural ou construído no qual as pessoas se integram. A educação ambiental avança na construção de uma cidadania responsável voltada para culturas de sustentabilidade socioambiental???.
Deste modo, a Rumo realiza ações ??? de questões sobre a economia dos recursos naturais e destinação correta de resíduos sólidos – ao consumo consciente, fauna, flora e biodiversidade, além de estimular a construção de valores e atitudes que promovam a conservação e a recuperação ambiental, a melhoria da qualidade de vida e a redução dos riscos associados à operação ferroviária.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE