Sumaré promete economizar R$ 2 mi com CPqD

A proposta de convênio da Prefeitura de Sumaré com o CPqD deve reduzir em até 40% o custo anual atual da administração municipal com sistemas gerenciais de informática e processamento de dados, que gira em torno de R$ 5,3 milhões, trazendo melhor gestão financeira e patrimonial dos órgãos públicos. Além disso, a parceria com a renomada instituição de pesquisa vai permitir a implantação de novos sistemas e a total integração entre as ferramentas e as secretarias municipais, permitindo o cruzamento de dados e a melhor tomada de decisão pelos gestores de cada pasta.
Atualmente, a Prefeitura de Sumaré possui sete fornecedores diferentes de sistemas atendendo parte dos serviços das secretarias de Educação, Saúde e Finanças, através de contratos diferentes. A proposta tramita desde o último dia 10 de dezembro na Câmara, na forma de um projeto de lei.
O objeto do convênio é a ???mútua cooperação para o desenvolvimento de projetos de pesquisa, soluções, desenvolvimento de sistemas e programas de computador, desenvolvimento institucional, concessão de licenças de uso, serviços de assessoria técnica especializada, congressos e simpósios??? sobre as novas soluções a serem implementadas.
O CPqD é uma pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, cujo objetivo está na inovação com base nas tecnologias da informação e comunicação (TICs), tendo como objetivo contribuir para a competitividade do País e para a inclusão digital da sociedade. Tem em sua carteira de clientes instituições respeitadas como a Alpine, Telefônica, Nokia, Samsung, Banco Central, Banco do Brasil, Rede Globo, Petrobrás, Secretaria do Estado de Economia e Planejamento do Governo do Estado de São Paulo, dentre outras, o que demonstra a solidez da instituição.

???Deste modo, mais do que a licença para uso dos softwares a serem adquiridos, estamos garantindo a aquisição de um serviço condizente com a realidade do Município???, acrescentou Lorençatto, que garantiu a economicidade na celebração do convênio ao apontar que a Prefeitura está diminuindo o custo dos contratos de R$ 5,3 milhões para R$ 3,3 milhões ao ano, ???uma redução de 57% referente ao contrato anterior???.
Entre as vantagens da nova parceria técnica, o secretário apontou a solução de problemas causados pela falta de integração entre os sistemas atuais, a implantação de novas ferramentas, bancos de dados e relatórios. ???Teremos a total integração de informações, com foco no atendimento ao cidadão, novos módulos preparados para atender às necessidades do Município e recursos para o gerenciamento de informações de maneira clara e precisa, além de controle de permissões de usuários e rastreabilidade do acesso e atualização da informação nos módulos???, finalizou.
Para o secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Antonio Enes Junior, o convênio com o CPqD também trará vantagens para a Prefeitura e, portanto, para o cidadão sumareense.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE