Sumaré pode ter ‘programa cesta básica’

O plenário da Câmara Municipal de Sumaré aprovou o Projeto de Lei nº 89/2019, de autoria do vereador Dr. Sérgio Rosa (PDT), que cria o programa ???Adote uma família com ação de cidadania por meio de doações de cesta básicas???. O PL foi aprovado por unanimidade, recebendo 20 votos favoráveis durante a 12ª sessão ordinária ocorrida na noite desta terça-feira (23). Com a aprovação, o projeto segue para análise do prefeito Luiz Dalben. Conforme a proposta do vereador Dr. Sérgio Rosa, a doação das cestas básicas de alimentos às famílias carentes do município serão de caráter espontâneo e poderão ser feitas por pessoas físicas, jurídicas e prestadoras de serviços. Por meio de doações mensais, o doador será reconhecido como ???padrinho mantenedor???.
De acordo com o parlamentar, o projeto de doação de cesta básica vai amenizar a fome de muitas famílias carentes. ???Sabemos que a cidadania nada mais é do que o exercício de direitos e a cobrança de deveres em cima de todos nós. Esse trabalho faz parte também da Declaração Universal dos Direitos Humanos, desde 1948, que afirma que os direitos são iguais, e não podemos de forma alguma deixar o nosso povo passar fome em um país tão rico quanto o nosso, sem uma ação eficaz daqueles que são os ???gerentes do poder???, eleitos pelo povo para solucionar os problemas da sociedade???, diz o Dr. Sérgio. O programa será coordenado e administrado pelo Fundo Social de Solidariedade do município (Funsol) e pela Secretaria Municipal de Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social (SMIADS), que fará o recebimento e distribuição, mantendo-se os contatos com as pessoas interessados em participar do programa. Para isso, a proposta estabelece que o Funsol e a Secretaria de Inclusão Social manterão cadastros atualizados das famílias carentes e dos doadores envolvidos no programa, com objetivo de manter o banco de dados e o número de atendimentos anualmente. Os dois órgãos também farão a divulgação dos trabalhos e dos nomes dos doadores junto à imprensa para conhecimento geral da população, realizando as devidas homenagens aos doadores desse programa.
???Não podemos deixar de praticar a justiça social, deixando de lado a educação, a saúde, a moradia e a proteção familiar, um direito de todos. Uma democracia moderna requer também solidariedade e respeito às pessoas necessitadas???, conclui o parlamentar do PDT.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE