Sumaré libera amamentação no comércio

Estabelecimento comercial que proibir ou constranger o ato da amamentação em suas instalações foi vai ter multa em Sumaré. Foi aprovado por unanimidade o projeto que regula a lei. De autoria do vereador e presidente da Casa, Welington Domingos Pereira, o “Welington da Farmácia” (PROS), o projeto de lei nº 82 prevê que, independentemente da existência de áreas segregadas para o aleitamento, a amamentação é o ato livre e discricionário entre mãe e filho. 
A multa prevista no projeto é de R$ 500,00 e, em caso de reincidência, a multa terá o valor de R$ 1.000.
Outro projeto aprovado nesta noite é do vereador Ronaldo Mendes (PSDB) que denomina o Sistema de Lazer e Esporte situado às Ruas 03, José Rodrigues (antiga 09), José Moura Filho (antiga 10), do loteamento Jardim Paraíso II de Praça de Esportes “Anselmo Silveira” e ao Campo “Arena Paraíso”.
Os vereadores aprovaram ainda 336 indicações, 33 requerimentos e 17 moções.
O vereador Ronaldo Mendes (PSDB) pediu vistas dos projetos de lei previstos na Ordem do Dia para melhor análise e que eles retornem em uma próxima sessão para discussão e votação. São eles os projetos 37/14, do vereador Ronaldo, que dispõe sobre a proibição de que postos de combustíveis abasteçam combustível nos veículos após ser acionada a trava de segurança da bomba de abastecimento.
O projeto 18/15, do vereador Décio Marmirolli (PSDB), que dispõe sobre casas de festas e afins. O projeto 61/15, do vereador Mineirinho (PSC), que institui a Semana da Família a ser realizada anualmente no 2º domingo do mês de agosto. O projeto 70/15, do vereador Henrique do Paraíso (SDD), que institui o Dezembro Verde e Amarelo no município de Sumaré. E o projeto 71/15, do vereador Prof. Marquinho que dispõe sobre a criação do Programa Leitura nos ??nibus.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE