Sumaré ganha Centro de Solução de Conflitos

A partir de 2014, Sumaré vai contar com um Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC), uma parceria da Prefeitura com o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo que tem o objetivo de ampliar o atendimento à população, de forma a proporcionar que as ???partes??? que têm
pendências com a Justiça tentem a conciliação antes de procurarem o Judiciário para a solução de conflitos através de ações.

A instalação do CEJUSC no município será possível através da assinatura de um convênio entre a Prefeitura de Sumaré e o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. A formalização do convênio aconteceu na tarde desta quarta-feira, dia 18, no gabinete da prefeita Cristina Carrara (PSDB). Ela recebeu o juiz de Direito e coordenador do Centro Judiciário de Soluções de Conflitos, Olavo Paulo Leite Rocha, e o juiz de Direito da 1ª Vara Cível de Sumaré, Gilberto Vasconcelos Pereira Neto.

Por meio do convênio, o Município fornecerá um imóvel, localizado na Região Central da cidade (próximo à Rodoviária), para a instalação do CEJUSC, e arcará com as despesas de utilidade pública (água, energia elétrica e uma linha telefônica). As tratativas técnicas para a efetiva implantação do CEJUSC em Sumaré continuarão ao longo dos próximos meses.

Olavo Rocha explicou que o CEJUSC é um centro onde as pessoas envolvidas em conflitos ??? entre eles, relações de consumo, cobranças indevidas, atraso na entrega de mercadorias, conflitos entre familiares e vizinhos ??? poderão resolver os problemas de forma extrajudicial, por meio da intermediação de conciliadores treinados pelo Judiciário. ???Havendo concordância entre as
partes, ao final do processo, a homologação é feita pelo Judiciário???, completou Rocha.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE