StartUps da região ganham apoio de empresa

As respostas aos maiores desafios enfrentados pela humanidade hoje podem ser encontradas por meio da inovação e com a colaboração dos indivíduos. Ao trabalhar em conjunto com mais pessoas é possível encontrar novas e melhores maneiras de resolver desafios globais e suprir as necessidades da população mundial em crescimento. Por isso, a Weme, aceleradora de projeto, startups e pessoas de Campinas, tem como norte para 2018 apoiar Startups quem estejam de alguma forma ligadas a esses desafios. As inscrições para o programa já estão abertas e as empresas interessadas podem se inscrever através do link: http://ac.weme.com.br/
Para discutir o “como” e “por onde” esses desafios pessoais e, essencialmente, globais acontecem. A Weme promoveu nessa semana a 2ª edição do WMXP WEMExperience. No evento vários painéis e palestras sobre o assunto foram discutidos, além de experiências tecnológicas que inspiraram os participantes.
Micro redes
Parece paradoxal afirmar que para acelerar a inovação o foco precisa estar nas redes informais de conexões. O potencial dos micro influenciadores e o impacto que geram na disseminação de ideias, conceitos e valores é algo difícil de medir, mesmo na era dos dados. Os números são capturados, mas o impacto gerado é imensurável. Isso se mostra ainda mais importante quando os early adopters (aqueles consumidores dispostos a comprar produto ou ideia ainda em desenvolvimento) são identificados.
Tais redes são categorizadas em cooperação ??? (comunidades unidas para resolver um problema); Energia (profunda empatia) e Inovação (novidades em ideias e apostas), por isso, quanto mais descentralizados forem os processos, maior o sucesso das redes.
Liderança Exponencial
As transformações de pessoas e organizações tendem a ser cada vez mais velozes. Isso quer dizer que não faz sentido se apegar a modelos preestabelecidos de gestão de pessoas. Candidatos a vivenciar a era da exponencialidade são aqueles que vão adotar o aprendizado de “ler” pessoas e ambientes e inspirar a busca pelos valores que “resolvem” os desafios globais, sejam quais forem.
Definitivamente não há espaço para a falta de transparência. As pessoas precisam “pertencer” às organizações, entendidas muito mais como comunidades. O desafio é estimular o aprendizado focado em resultados. Tudo isso em um ambiente livre para “testes e hipóteses” em que o erro não é “condenado”
Desafios Globais
Não se trata de números nem tão pouco de grandes soluções. Essencialmente os desafios tem rostos e basta que as pessoas sejam protagonistas das mudanças que lhe cabem e que impactam diretamente o meio ambiente, educação, saúde.
Experiências Tecnológicas
Compartilhar conhecimentos e fazer as pessoas vivenciarem experiências interessantes foram os principais objetivos do evento. Por isso, além dos painéis e oficinas, o público teve a oportunidade de experimentar e ver de perto o melhor da tecnologia:
– Robótica e inteligência artificial:2 Robôs circularam pelo evento, o Linx e o Bin.
O Linx é um robô que dança, interage com as pessoas, usando o conceito de inteligência artificial.
O Bin é o famoso Robô de Telepresença, quem assistiu “The Big Bang Theory” vai lembrar. Bin transmitiu uma palestra ao vivo, diretor do Vale do Silício e inclusive interagiu com os participantes, sendo controlado à distância.
– Carro 100% Elétrico:Os participantes puderam ver de perto e entrar em um veículo movido totalmente a eletricidade. Com autonomia que varia de 150 a 600 quilômetros por carga, o carro faz parte de um projeto de mobilidade na RMC.
– Realidade virtual:O ponto alto das experiências foi o tour pelo Vale do Silício. Através de óculos de realidade virtual 3D as pessoas foram “transportadas” para o Vale, passando pelo Museu da Academia Cientifica, Polo de Treinamento da Nasa Space Walk e pelo Google Campus. Os vídeos foram gravados pelo Samuel Goto, engenheiro sênior do google, exclusivamente para o evento.

Quem é a Weme?A Weme é uma aceleradora de startups, empresas, projetos e pessoas. Sua sede fica em Campinas, um dos maiores pólos tecnológicos no interior de São Paulo. Já realizou projetos de modelos de negócio, produtos, serviços, estratégia, branding e comunicação para mais de 50 empresas, como Bosch, 3M, Kärcher e Grupo Oba Hortifruti.
Na Weme, o propósito é gerar riqueza de forma consistente para os ecossistemas. Compartilhando a tecnologia e o design para tratar de grandes desafios humanos, dessa forma, produzindo e estimulando a inovação, o empreendedorismo e a formação de ecossistemas que vão transformar o mundo. Sua estrutura é projetada para ser um espaço de colaboração, inspiração e multimídia, além de possuir um laboratório maker onde toda ideia pode ganhar vida. www.weme.nu

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE