São Tomás de Aquino, filosofia e currículo escolar

Tommaso d???Aquino, mais conhecido como São Tomás de Aquino, é o padroeiro dos estudantes e professores, o protetor dos incansáveis colecionadores de conhecimento. O filósofo era considerado como um dos mais brilhantes teólogos da Igreja Católica. Um dos pensadores mais comprometido com a oração.
Os ensinamentos do Santo deixaram um legado importantíssimo à filosofia moderna com suas obras que discutem ética, lei natural, metafísica e teoria política.
O dominicano, influenciado por Aristóteles, Averróis entre outros importantes pensadores, afirmava que a sabedoria é o mais perfeito, sublime, útil e alegre dos estudos humanos.
O que diria São Tomás de Aquino sobre o fato da filosofia não ser mais uma matéria obrigatória no currículo escolar?
Apesar do cunho religioso abordado em suas obras, a filosofia sempre esteve presente nos estudos de Aquino. Como nas obras, publicadas pela Editora Edipro, O Livre Arbítrio, A Fé, O Apetite do Bem e da Vontade, Do Governo dos Judeus à Duquesa de Brabante , entre outras.
O pensador estudava a relação entre a razão e a fé e, segundo a sua interpretação, esses conceitos não se opõe um ao outro, são diferentes e convergem em harmonia. Para o filósofo, a teologia é a ciência suprema, fundada na revelação divina, e a filosofia sua auxiliar.
Neste sentido, a filosofia, para o São Tomás de Aquino, era imprescindível. Como defensor da sabedoria e dos estudos, dono de uma inteligência e perspicácia fascinante, embutiu a filosofia como uma complementar para seus estudos, que são considerados importantes contribuições para a filosofia moderna.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE