SM: Vers. querem cartão e cesta in natura

Os vereadores de Sumaré apresentaram uma emenda modificativa ao projeto do Executivo que cria o Cartão Alimentação para os funcionários da Prefeitura, da Câmara e do DAE, no valor de R$ 140,00 mensais. Em sua originalidade, o cartão substituiria a cesta básica in natura, já existente aos servidores, no entanto, os parlamentares propuseram além do cartão, a cesta básica seja mantida.

LEIA MAIS – Cesta ‘in natura’ gera crise em Sumaré
LEIA MAIS – Sindicato afirma paternidade de Cartão Alimentação
LEIA MAIS – Cristina lamenta postura de vereadores

O cartão está entre as reivindicação do Sindicato dos Servidores à Prefeitura, assim como a manutenção da cesta. O vereador Welington da Farmácia (PDT) criticou a manobra da Prefeitura. ???Eles estão dando com uma mão e tirando com outra. Nós não rejeitamos o projeto. Nossa intenção é dar mais direito aos funcionários da cidade???, declarou.

O vereador Meskan (PSB) questionou o valor. “Eu acredito que os nossos funcionários públicos merecem mais do que R$ 4,00 por dia para sua alimentação, por este motivo estamos propondo a emenda ao projeto garantindo o cartão alimentação de R$ 140,00, juntamente com a cesta básica, ou seja, o servidor terá direito aos dois benefícios juntos. Tanto o cartão como a cesta???, desabafou.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE