SM: Pref. suspende atendimento presencial socioassistenciais

 SM: Pref. suspende atendimento presencial socioassistenciais

Considerando o decreto n° 10.776/20, assinado pelo prefeito Luiz Dalben nesta segunda-feira, 23/03, que estabelece novas medidas de enfrentamento e prevenção ao Covid-19 (coronavírus), a Secretaria Municipal de Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social da Prefeitura de Sumaré suspendeu temporariamente o atendimento presencial em todos os setores vinculados à SMIADS.

A medida já estava valendo para alguns serviços desde a semana passada, como os CRASs (Centros de Referência em Assistência Social) e o CCTI (Centro de Convivência da Terceira Idade).

???Sumaré trabalha para atender com qualidade qualquer paciente que apresente sintomas ou que necessite de auxílio. Porém, pedimos a colaboração da população. Desde o momento em que o coronavírus passou a ser considerado uma pandemia, organizações mundiais têm ressaltado que cada pessoa passa a ser responsável por frear as transmissões, desacelerando a disseminação. Este momento é de união e colaboração???, explicou recentemente o prefeito Luiz Dalben.

O atendimento ao público está suspenso por tempo indeterminado nos seguintes serviços: Conselhos Municipais, Conselho Tutelar, Setor de Passes, Centro de Convivência da Terceira Idade, CRAS, Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, Serviço de Proteção Social Básica no Domicílio para Pessoas com Deficiência e Idosas, Central ??nica de Atendimento do Cadastro ??nico/BPC, Programa Criança Feliz, CREAS e Serviço de Medidas Socioeducativas e Centro Dia da Pessoa com Deficiência.

Todas as visitas domiciliares também estão suspensas por tempo indeterminado, exceto em casos urgentes. ???Durante os últimos dias, em decorrência da ameaça do novo coronavirus, nossa equipe tem trabalhado incessantemente na elaboração de estratégias para adequar ao máximo o expediente dos serviços às orientações recebidas. Agradecemos imensamente pelo trabalho realizado e esperamos contar com a colaboração de todos???, explicou o secretário de Inclusão, José Tavares de Siqueira.

Importante destacar que, além das atividades administrativas internas, os atendimentos através de e-mail ou contatos telefônicos também estão mantidos. O Programa Viva Leite continuará atendendo a demanda, seguindo as recomendações de higiene e de prevenção.

 

Relacionados

Leave a Reply