SM: Pref. monitora erosão no Jardim Maria Luiza

A Prefeitura de Sumaré está monitorando uma erosão na encosta de um córrego localizado ao final da Avenida Elza Zagui Menuzzo, no Jardim Maria Luiza, região do Maria Antonia. Segundo a Secretaria de Serviços Públicos, a erosão não avançou nos últimos dias de chuva e o local receberá intervenção assim que a Odebrecht Ambiental aumentar a extensão de um emissário de água da ETA (Estação de Tratamento de Água) do Parque Itália.

Este emissário libera no córrego água decorrente da limpeza dos filtros da ETA. No entanto, a tubulação está muito próxima à encosta. Já foi realizada uma barreira de contenção para que o grande volume de água não atinja diretamente o leito do rio, aumentando a erosão. 
O administrador regional do Maria Antonia, Antonio Moura, e o superintendente de Obras, Aparecido Fernandes, vistoriaram novamente o local. “Já visitamos aqui na semana passada com os responsáveis da Odebrecht e estamos buscando as soluções para o problema. Por enquanto, não é viável colocarmos terra nas encostas, março é o mês das chuvas e seria trabalho e material perdido. Além disso, como já há uma barreira de contenção, a erosão não está aumentando, o que nos dá tranquilidade para realizar um trabalho de qualidade”, comentou Fernandes.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE