SM: Pref. entregou 27.805 kits nutricionais

 SM: Pref. entregou 27.805 kits nutricionais

A Prefeitura de Sumaré trabalha desde o início do ano com ações técnicas e mecânicas para o enfrentamento do coronavírus na cidade. Paralelo a isso, a Administração Municipal também possui frentes sociais para auxiliar as famílias em vulnerabilidade durante esse período de quarentena. Uma dessas frentes atende aos alunos da Rede Municipal de Ensino com a distribuição de kits nutricionais. Entre março e abril, foram 27.805 kits entregues.

Por intermédio de ação conjunta entre as Secretarias Municipais de Educação e de Inclusão Social, a distribuição da alimentação “in natura” nesse período de suspensão das aulas foi determinada pelo prefeito Luiz Dalben e acontece a cada 15 dias, em substituição à merenda escolar, tendo em vista que a refeição é um importante complemento alimentar principalmente para alunos integrantes de famílias carentes.

“Nosso objetivo é garantir uma alimentação adequada aos alunos que têm na merenda escolar um complemento das refeições diárias”, explicou o prefeito Luiz Dalben, reforçando que antes mesmo do primeiro caso no país ser confirmado (no dia 26 de fevereiro), as equipes de Sumaré já planejavam medidas para o enfrentamento da doença e sua prevenção.

?? importante que o responsável entre em contato via telefone com a unidade escolar, pois os produtos estão sendo entregues no dia e hora marcada previamente e seguindo todas as medidas sanitárias recomendadas pela Secretaria Municipal de Saúde.

Sem previsão para o retorno das aulas presenciais, todas as unidades escolares da Rede Municipal de Educação possuem profissionais para prestar esclarecimentos via telefone. Mais informações podem ser solicitadas diretamente com a escola onde o aluno está matriculado.

Outras frentes

Bom lembrar que outras frentes sociais seguem em andamento, como a distribuição de donativos recebidos por meio da Campanha de Arrecadação de Alimentos promovida pelo Fundo Social de Solidariedade. Neste caso, os alimentos são encaminhados para a Secretaria de Inclusão Social atender famílias referenciadas nos CRASs (Centros de Referência em Assistência Social) e novos beneficiários que passaram pela avaliação social da equipe técnica de vulnerabilidade. Além disso, a Inclusão também presta assistência aos munícipes atendidos pelos SCFVs (Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos).

Relacionados

Leave a Reply