SM: Pref. apresenta Plano Municipal para Cauê Macris

O prefeito Luiz Dalben esteve reunido nesta quarta-feira com o presidente da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, Cauê Macris. O prefeito sumareense entregou nas mãos do presidente o Plano Municipal de Turismo, apresentando todas as características municipais e potencial turístico, especialmente no que diz respeito ao Polo Industrial, Tecnológico e de Negócios. Além do Plano, Luiz Dalben entregou uma série de ofícios solicitando emendas parlamentares para investimento em diversas áreas, como Saúde, Educação, Esporte, Lazer e infraestrutura urbana. “O governador Geraldo Alckmin sancionou em 2015 a lei estadual que institui a nova categoria para incentivar o turismo no Estado. 

São 140 novas vagas criadas e a Prefeitura de Sumaré apresenta ao presidente da Assembléia, Cauê Macris, o Plano Municipal de Turismo, onde detalhamos o potencial do município e assim pleiteamos o ingresso neste seleto grupo de municípios de interesse turístico, além de emendas parlamentares para investimentos em diversas áreas em prol da nossa população”, destacou o prefeito Luiz Dalben.
As Prefeituras classificadas vão receber recursos adicionais de R$ 700 mil em média por ano para investir na atividade. “Para ser de interesse turístico, o município precisa comprovar que dispõe de estrutura mínima, incluindo serviço médico de emergência, meios de hospedagem, restaurantes e sistema de transporte. ?? preciso ainda ter potencial para atrair visitantes e dispor de um plano municipal de turismo e tudo isso a cidade de Sumaré possui”, afirmou Luiz Dalben.
No mês de março, durante reunião do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas (RMC) o secretário estadual de Turismo, Laércio Benko, apresentou a proposta da lei que institui municípios de interesse turístico e afirmou que a análise não levará em conta a ordem de entrada do projeto na Assembleia Legislativa, pois o critério de escolha será técnico. “A comissão da Secretaria vai analisar se o município preenche os requisitos mínimos e emitirá o laudo que servirá de base para a votação do projeto”, explicou. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE