Sinditec arrecada doações para alimentos na região

O Sinditec (Sindicato das Indústrias de Tecelagem, Fiação, Linhas, Tinturaria, Estamparia e Beneficiamento de Fios e Tecidos de Americana, Nova Odessa, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré) está promovendo a segunda campanha de arrecadação “Quarentena Sem Fome”, para a compra de alimentos que serão destinados a famílias em situação de vulnerabilidade social da região.

“Com o agravamento da crise causada pela pandemia de Covid-19, existem muitas famílias da nossa região em dificuldades”, justificou a entidade de classe. O slogan é “Amor que salva quem mais precisa”.

A campanha tem como base o valor de R$ 100,00 para aquisição de cesta de alimentos básicos – incluindo arroz, feijão, macarrão, óleo, açúcar, farinha de trigo e farinha de mandioca. Quem não puder contribuir com o correspondente a uma ou mais cestas básicas pode doar o quanto puder. “Não receberemos doações de produtos”, salientou o Sindicato.

As doações podem ser feitas até 23 de abril com depósitos em conta bancária (banco Sicoob 756, agência 4441, conta 156-2, CNPJ: 56983737/0001-26) ou através de boleto (que deve ser solicitado diretamente no Sinditec pelo WhatsApp 19 99845-4533 ou pelo e-mail [email protected]).

“Faça parte dessa corrente de solidariedade, ajudando a quem mais precisa. As cestas serão destinadas para o Fundo Social de Solidariedade de Americana, Santa Bárbara, Nova Odessa e Sumaré, que possuem o cadastro das famílias mais necessitadas. Além da fome, sabemos que a falta de alimento na mesa gera uma série de outros problemas nos lares, principalmente de violência”, concluiu o Sinditec.

O Sindicato foi fundado em 10 de fevereiro de 1989 com o objetivo de defender os interesses das indústrias têxteis das cidades que compõem sua base territorial. Leia mais em https://www.sinditec.com.br/.

Polo

O APL (Arranjo Produtivo Local) da RMC (Região Metropolitana de Campinas), também conhecido como “Polo Têxtil Paulista” ou “PoloTecTex”, foi criado em lei estadual anterior e é formado pelas cidades de Americana, Sumaré, Hortolândia, Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste, e é considerado o maior polo da Indústria Têxtil e de Confecção do Brasil, responsável por 85% da produção nacional de tecidos planos de fibras artificiais e sintéticas.

O PoloTecTex conta atualmente com cerca de 1.400 empresas de confecção e 700 de tecelagem, gerando 30 mil empregos diretos e produzindo 100 milhões de metros de tecido plano por mês.

O Sinditec, o Sinditêxtil-SP e o Sindivestuário são algumas das entidades que defendem as pautas dos empresários do setor no Estado de São Paulo, que possui mais de 8 mil empresas, responsáveis por gerar cerca de 455 mil empregos diretos e produzir 600 mil toneladas de fios, malhas e tecidos e 2 bilhões de peças confeccionadas por ano.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE