Silenciosas e perigosas: alerta sobre doenças de outono

Gripe, rinite, sinusite e resfriado são algumas das famosas e conhecidas doenças de outono. A estação marca o início da época mais fria do ano e dá adeus aos dias ensolarados e de muito calor.  De março a maio, acontece a transição entre o verão e o outono e é nesse período que o corpo fica mais exposto às inúmeras doenças respiratórias que causam incômodos no dia a dia e no bolso do paciente. 
 Com a mudança brusca de temperatura, as pessoas ficam mais sensíveis em adquirir doenças virais como gripe e resfriado. Durante esse período, os alérgicos, idosos, crianças pequenas e portadores de doenças imunossupressoras (que baixam a imunidade) como, por exemplo, hepatite crônica, vírus HIV e obesos, tornam-se alvos fáceis de contaminação. A gripe como toda virose é autolimitante, ou seja, o vírus é combatido pelo próprio organismo e logo vai embora. Porém, em alguns casos, as bactérias podem se aproveitar da baixa imunidade e se alojarem no corpo, o que traz complicações, como pneumonias e outras agravações que necessitam a internação do paciente. ???Cerca de 30% da população brasileira é alérgica???, diz a médica da Carelink, especialista em alergia e imunologia clínica, Maria Helena Pinho Graça. Ela ressalta que durante o outono, esse grupo deve procurar o médico de confiança e tomar os remédios profiláticos de maneira correta. ???Com essa simples medida, os pacientes conseguem evitar que uma pequena gripe ganhe força extra, com complicações que acabem gerando grandes e graves problemas???. Os bebês, crianças e idosos também precisam de atenção especial. Esse grupo de risco possui o sistema imunológico mais frágil ou debilitado, o que pode fazer com que uma virose se transforme em uma doença infecciosa mais grave como as bacterianas. ???Nesse período, o cuidado com os idosos e com os bebês devem ser rigorosos e, é por esse motivo, que existe a Campanha de Vacinação contra o vírus da gripe para a terceira idade, disponibilizada pelo governo. Ela acontece justamente nessa época, pois é o período no qual a doença surge com maior frequência???, destaca a doutora Maria Helena. ???Quando o frio chega, fechamos a casa, ligamos o aquecedor e vestimos a blusa que ficou guardada no armário o verão inteiro, sem contar que usamos os cobertores repletos de ácaros por ficarem muito tempo guardados. Ou seja, fazemos tudo errado???, ressalta a médica. Ela explica, ainda, que durante o outono é preciso manter a casa limpa comjanelas e portas abertas, o que possibilita a ventilação e circulação do ar. Além dessas medidas, outros hábitos podem fazer com que a passagem da estação seja mais tranquila. Confira as dicas da especialista: – Roupas de frio que ficaram guardadas durante todo o verão devem ser expostas ao sol e locais arejados; – Lençol e fronha devem estar limpos; – Beber muita água para facilitar a eliminação de secreção; – Evitar fumar e manter pouco contato com fumantes; – Os ambientes devem estar arejados; – Evitar aglomeração e contato com pessoas gripadas e resfriadas; – Higienizar as mãos.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE