Sexlog ‘bomba’ na quarentena

 Sexlog ‘bomba’ na quarentena

A segunda quinzena de março ficou marcada para a história do Brasil como os dias em que o País parou. Já são duas semanas de isolamento social, com apenas serviços essenciais em funcionamento. E foi nesse cenário de pandemia de coronavírus, que o Sexlog, a maior rede social adulta do País, registrou um aumento de 15% do número de novas assinaturas.
As mulheres parecem estar aproveitando o período de isolamento social para curtir a rede social e tudo o que ela proporciona. ???Tivemos um aumento muito significativo de cadastros do público feminino, estamos recebendo 20% a mais de mulheres todos os dias. O que é muito positivo, é um sinal de que elas estão se sentindo livres para curtir o prazer mesmo diante de uma crise???, comenta  diretora de marketing do Sexlog, Mayumi Sato.
Até o momento, já são mais de 12,5 milhões de contas criadas no site que permite que seus frequentadores troquem mensagens picantes, nudes, vídeos e façam livecam com conteúdo adulto e sem censura. ???O aumento no número de cadastros gratuitos também cresceu 10%, mas o impacto maior é no número de assinantes, o que significa que as pessoas estão dispostas a pagar para ter acesso ilimitado ao conteúdo, poder se comunicar e se exibir???, diz  Mayumi Sato.
Diferente de outras redes sociais, o Sexlog gera entretenimento sem bombardear seus frequentadores com notícias que geram ainda mais ansiedade. ???O público realmente se diverte e os nudes não são censurados. Estamos promovendo, também, ações temáticas, como concursos, sorteios e lives patrocinadas especiais para que a plataforma seja o lugar ideal para curar o tédio e lidar com aquele tesão reprimido???, comenta a diretora.

Relacionados

Leave a Reply