Tecnologia transforma o setor de entretenimento no Brasil

Com o advento da tecnologia nos seus mais variados formatos, o setor do entretenimento não foi exceção e agarrou este conceito, criando iniciativas para diferentes propósitos. Das formas de lazer mais tradicionais até as mais modernas, hoje em dia encontramos todo tipo de experiências online.

O Brasil sentiu a necessidade de investir numa maior cultura tecnológica, uma vez que, de acordo com os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) referentes a 2018, a internet era utilizada em 79,1% das casas brasileiras. Este crescimento considerável em relação ao ano anterior, em que o acesso à internet fazia parte de 74,9% dos domicílios, reflete-se também no uso de novos aparelhos. Os smartphones são os mais populares: 99,2% dos domicílios com acesso ao digital apontados na pesquisa faziam o seu consumo de internet primordialmente por meio dos seus celulares. Por outro lado, o uso de tablets vem crescendo neste mercado, e essas ferramentas já estão presentes em 13,4% dos domicílios.

Fonte: Unsplash

Desta forma, com um país cada vez mais digital, as iniciativas com criação e produção inteiramente nacionais começam a surgir. Os americanenses, por exemplo, além de transformar seus negócios no digital, estão lançando projetos empreendedores que prometem alavancar a própria tecnologia. O empresário do setor de tecnologia Maurício Frizzarin é um deles: com 47 anos, pretende investir R$ 100 milhões em organizações brasileiras de índole tecnológica até o final de 2021. Os seus principais objetivos passam por incrementar o conceito de inteligência artificial e desenvolver o e-commerce — a venda online de produtos ou serviços.

Devido a iniciativas como estas, o país encontra-se na vanguarda da tecnologia e as plataformas digitais são parte do dia a dia da população por conta dos seus benefícios, como facilitar tarefas e aumentar a praticidade do cotidiano.

Divirta-se a partir de casa

Poderosas e eficazes ferramentas, os apps e as demais plataformas online são essenciais para a adaptação do setor do entretenimento ao mundo digital. Por isso, independentemente da forma como você gosta de passar o seu tempo livre, certamente há muitas opções na internet.

Fonte: Unsplash

Destinado aos amantes de leitura, o Skeelo é uma ferramenta brasileira que reúne um vasto conjunto de e-books, sendo o líder deste segmento no país. E, se já estava na liderança, em 2020 o seu crescimento disparou: o número de usuários simplesmente dobrou entre os meses de março e junho. Por outro lado, aqueles que preferem descontrair ouvindo um bom podcast têm agora mais uma opção de escolha. Startups como a Orelo criaram apps que oferecem conteúdos por áudio aos seus usuários, tanto originais como outros títulos.

A diversidade de plataformas é imensa, com iniciativas para atender os diferentes tipos de gosto de quem procura aproveitar o seu tempo livre ao máximo. Para os mais nostálgicos, existem websites como o StopotS, a versão digital do célebre jogo Stop. Com as mesmas regras do jogo físico tradicional, este projeto está na web em português e também possui versões para iOS e Android. Um setor que vem crescendo significativamente nesse sentido é o de cassinos online, que agrada os mais diversos tipos de pessoas. Hoje, na internet, você pode ter uma experiência completa quando se trata de cassino, visto que jogos como blackjack e roleta têm, inclusive, uma versão ao vivo, em que tecnologias de alta definição e live streaming se aliam para porporcionar ao jogador a sensação de estar em um cassino físico. Além disso, as queridas máquinas de slot também estão presentes no universo online, com plataformas de cassino online oferecendo giros grátis, os chamados free spins, para que os usuários testem as máquinas e escolham as que mais lhe agradam. O portal Casinos.pt indica quais são algumas das plataformas que fornecem esses benefícios aos jogadores. Por fim, até os que gostam de desenhar podem se divertir na internet com jogos como o Gartic. As regras são bastante simples: um jogador tem que desenhar o que o app lhe sugere e os demais devem adivinhar o que é o desenho.

Na verdade, o digital chegou a todos os setores e todas as formas de entretenimento foram abrangidas pela tecnologia. O conforto de casa passou a ser posto em primeiro lugar e, atualmente, você nem precisa sair do sofá para ler um bom livro ou partilhar momentos com os seus amigos à distância.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE