Sessão rápida ‘mata’ dois projetos

A sessão desta quinta-feira, como tem sido desde a primeira do ano, durou aproximadamente 1h. Os vereadores reprovaram dois projetos, aprovaram dois, acataram veto e adiaram o banco de horas. 
De autoria do ex-vereador Luiz Renato (PcdoB), os parlamentares ‘passaram como trator’ por cima da proposta que criaria o estatuto do pedestre. O “programa cidade com grama”, do agora secretário de meio ambiente Odair Dias (PV), também foi rejeitado pelos colegas. 
VAIAS – O vereador Luiz da Rodaben (PP) parabenizou o prefeito Omar Najar (PMDB) pelo ‘esforço de tentar melhorar a saúde do município’ e foi vaiado pelos presentes. 
CONFUS??ES – Em uma delas, o ‘rolo’ foi um mal entendido com um servidor da prefeitura que teria feito críticas a um vereador. Parentes e amigos presentes tomaram as dores e questionaram o servidor. A turma do deixa disso prevaleceu.
No outro caso, um assessor foi cobrar um vereador que teria sido desrespeitoso com seu chefe estendendo-se para uma servidora probatória, filha do assessor. De novo, a turma do deixa disso conseguiu evitar maiores problemas. 
Talvez por conta da falta de ar condicionado, a coisa ficou quente.
PEOL – Com a ida de Odair Dias (PV) para a secretaria de meio ambiente, Pedro Peol (PV) fez sua reestreia nesta quinta-feira. “Recepção calorosa. Estou contente em contribuir com os trabalhos da Câmara”, disse o verde. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE