Servidores pedem ‘ao menos’ inflação a Andia

O Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Santa Bárbara d’Oeste informou, nesta quarta-feira (20), que em abril protocolou pedido de agenda com a Prefeitura para tratar sobre dissídio 2020 da categoria.

Na semana passada, a entidade recebeu ofício da Administração solicitando para que aguardasse o fechamento e divulgação do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) de abril deste ano para que o pedido de reunião pudesse ser atendido.

“Como é de conhecimento, a Lei 9504/97 no artigo 73 §VIII proíbe a Administração de fazer revisão geral da remuneração dos servidores públicos em ano eleitoral, que exceda a recomposição da perda de seu poder aquisitivo ao longo do ano da eleição. Sendo assim, considerando que o índice já foi publicado no portalbrasil.net/inpc, o sindicato aguardo o retorno da Prefeitura para abrir as conversações”, declarou o presidente Giovanni Bonfim.

Bonfim pondera, também, que há projeto do presidente Jair Bolsonaro que congela os salários, progressões, contratações e outros benefícios para os próximos 18 meses por conta do caos econômico nacional. “De toda forma, manteremos nossa reivindicação do que é previsto legalmente e informaremos os servidores assim que tivermos uma novidade”, concluiu Bonfim.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE