Servente flagrado roubando carro vai pra cadeia

Guardas da Romep (Ronda Ostensiva Municipal Especial Preventiva), grupo tático da Gama (Guarda Municipal de Americana), prenderam na madrugada desta segunda (24) um servente de pedreiro por tentativa de roubo. A detenção foi feita na Cid Jardim depois de alguns quilômetros de perseguição.

Uma vendedora de 24 anos foi até o plantão policial da Delegacia Seccional de Americana para relatar uma tentativa de roubo e guardas municipais que apresentavam uma ocorrência no local obtiveram a informação com a vítima e a passaram via rádio para outras viaturas. A mulher estava de carro pela Rua Sete de Setembro e relatou que dois homens vestindo moletons escuros e capacete em uma moto preta fizeram a abordagem para roubar seu carro. Ela, no entanto, acelerou para fugir, e viu que o homem na garupa da moto estava com uma arma em punho.
Os guardas Melo, Bruno e Hernando receberam a informação e viram uma moto com as mesmas características pela Avenida Cillos fazendo a conversão para o Jardim São Pedro. Por alguns segundos, os patrulheiros da Romep perderam os dois indivíduos de vista e logo os viram novamente na Rua das Papoulas, na Cidade Jardim, no exato momento em que roubavam um Peugeot 207 prata.
A viatura fez o retorno pela rua paralela e viram a moto saindo e o carro deixando o local em alta velocidade, com um dos bandidos ainda usando capacete. Os guardas iniciaram o acompanhamento dando sinal de parada, que não foi obedecido pelos bandidos. A perseguição começou pela Rua Timbiras, continuou pela Avenida Abdo Najar e então o carro acessou a Rua Dom Pedro II, quando a moto seguiu rumo a Nova Odessa e não foi mais localizada. O carro acessou a Rua Tamoio, bateu contra um Palio estacionado e continuou na fuga até ser abordado na Rua Quintino Bocaiúva.
O suspeito, que ocupava a garupa da moto antes do roubo ao carro, era T.C.A., de 25 anos, morador da Vila Soma, em Sumaré. Ele confessou ter roubado o carro e tentado assaltar a mulher na Rua Sete de Setembro, cuja denúncia desencadeou a ocorrência. Dentro do carro havia objetos do dono do veículo e dez projéteis de revólver calibre 38. ?? polícia o servente disse ter dispensado a arma na rua durante a perseguição. Outras viaturas da GAMA que deram apoio na ocorrência realizaram buscas, mas não localizaram o revólver.
O delegado Robson Gonçalves de Oliveira determinou a prisão em flagrante de Amaral e sua transferência para a Cadeia pública de Sumaré. Contra o servente rodam três processos na Justiça por tráfico de drogas.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE