Sem Davi, Mentor tende a crescer

As eleições 2018 para deputado estadual não contará com Davi Ramos (morto em outubro último) e o quadro tende a favorecer o candidato do PT em Americana Antonio Mentor.
Ramos foi candidato a estadual em 2006, 2010 e 2014. E na última bateu Mentor no resultado final em Americana. Caso consiga agregar os votos que foram para o comunista (quase 10 mil em 2014), Mentor pode voltar ao jogo.
PCDOB RACHADO–  Após a morte de Ramos, o PCdoB de Americana não definiu seu futuro. O grupo ligado a DR quer comandar a sigla, mas não tem o apoio dos dois vereadores da cidade. A ‘cabeça’ da dupla da Câmara, Giovana Fortunato, quer sair a estadual, mas enfrenta resistência interna.  

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE