Seleção feminina vai a Portugal para esquecer má fase

A Seleção Brasileira de futebol feminino já iniciou a preparação para a Copa do Mundo, que se inicia em junho. O elenco embarcou para Portugal, local de treinamentos antes do torneio, no final de maio. Com o objetivo de já se acostumar com o fuso e também com o clima, as jogadoras vão ficar quase 20 dias em terras lusas. O treinador Vadão busca acabar com os problemas do time, que não vence uma partida desde o ano passado.
O início de 2018 foi positivo para o Brasil, que venceu a Copa América com 100% de aproveitamento. A equipe comandada por Vadão superou, com certa facilidade, a disputa contra Colômbia, Argentina e Chile. No entanto, a situação mudou depois do título. A equipe sofreu para encaixar bons jogos e acumulou resultados negativos em sequência. Foram 11 partidas disputadas desde então, e apenas uma vitória.
Esse resultado positivo aconteceu no dia 29 de julho, em amistoso contra o Japão. Depois disso, foram apenas derrotas acumuladas, inclusive para seleções de pouco sucesso internacional, como a Escócia e a Espanha. O aproveitamento de apenas 9% é o sinal de que algo precisa mudar para a disputa da Copa do Mundo. Por isso, a Confederação Brasileira de Futebol decidiu por fazer uma preparação especial já no continente europeu. ?? uma forma de dar mais tranquilidade para a equipe.

Os treinamentos vão acontecer em Portimão, na região sul de Portugal, e devem durar até perto da estreia do Brasil na Copa do Mundo. A escolha do local foi por conta do clima e também da proximidade com a França, país sede do Mundial. Enquanto quase todo o elenco já se apresentou em São Paulo, cerca de sete jogadoras vão se apresentar já no centro de treinamento escolhido para a preparação.
Objetivo é surpreenderSe normalmente o Brasil chega na Copa do Mundo com certo favoritismo, em 2019 a situação será bem diferente. Os resultados negativos colocam um grande ponto de interrogação na equipe. Os números na bolsa esportiva da Betfair, para o torneio, colocam a Seleção como uma possível zebra. No dia 28 de maio, o time de Marta aparecia com apenas 4,8% de chance de título, bem distante do favoritismo de França e Estados Unidos.
O lado positivo dessa previsão é a falta de responsabilidade que a equipe tem no Mundial. A Seleção Brasileira corre por fora e acaba não chamando tanto a atenção da mídia, algo que as donas da casa devem sofrer do começo ao fim. Em entrevista ao portal da UOL Esporte, a goleira Aline afirmou que a ideia é honrar a camisa do Brasil e tentar chegar o mais longe possível na disputa da taça.
A estreia da Seleção na Copa do Mundo acontece no dia 9 de junho, em Grenoble. A equipe vai encarar a Jamaica e deve contar com certa facilidade para vencer. Depois, o time ainda vai encarar a Austrália e a Itália, pelo Grupo C. A fase final é que pode complicar, com um possível confronto contra Inglaterra ou até mesmo França. A torcida brasileira vai apoiar até o final, sonhando com resultados melhores neste momento tão complicado.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE