Secretaria de Saúde anuncia ampliação do atendimento da UBS 7

A equipe gestora da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Nova Odessa anunciou nesta semana que, conforme já estava planejado, o território atendido pela UBS (Unidade Básica de Saúde) VII (o número 7 em algarismos romanos), do Jardim Nossa Senhora de Fátima, será ampliado já a partir do próximo dia 16 de agosto.

Conforme anunciado pela Prefeitura no último dia 22 de março, a UBS VII foi colocada para funcionar no dia 05 de abril deste ano com equipe de Atenção Básica reduzida, e também como unidade especializada em Saúde Mental – porém já com projeto de expansão para bairros vizinhos, assim que fosse possível o aumento do quadro de profissionais técnicos e médicos.

“Isso vai acontecer a partir da segunda quinzena de agosto, e o atendimento de UBS será ampliado para os bairros Parque Residencial Triunfo, Santa Luiza I e II, Residencial Fibra e Terra Nova”, explicou a pasta. O prédio conta com consultórios, sala de vacina, sala para dispensa de medicamentos, enfermaria e sanitários totalmente acessíveis.

A UBS VII estava pronta e equipada desde 2020, mas permanecia fechada devido à falta de orçamento para a contratação de profissionais. “Em contrapartida, havia um imóvel alugado para o CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), porém o mesmo estava desabilitado e não atendia as exigências para a realização dos serviços”, lembrou a Secretaria de Saúde.

“Como não tínhamos orçamento para o local, unimos a equipe do CAPS (que não era habilitado como CAPS), deixamos de pagar o aluguel de um imóvel não adequado e colocamos para funcionar a nova Unidade, que estava pronta, com mobília e equipamentos novos, sem deixar de fazer os atendimentos já existentes no CAPS desabilitado”, explicou o secretário de Saúde, doutor Nivaldo Luís Rodrigues.

Atualmente, também está ocorrendo a reforma do Ambulatório de Especialidades. Por conta disso, os pacientes da Infectologia também estão sendo atendidos na UBS 7, porém, assim que liberado o Ambulatório, tal especialidade vai retornar ao local de origem, já com espaço mais adequado e acolhedor aos usuários. “Vale salientar que todas as alterações foram analisadas junto à DRS VII (Direção Regional de Saúde de Campinas), para que tudo fosse feito de forma regular”, acrescentou o secretário.

SAÚDE MENTAL

Segundo a Secretaria, a ideia é que a nova unidade do Nossa Senhora de Fátima seja referência de atendimentos voltados à Saúde Mental na Rede Municipal de Nova Odessa. A demanda vem aumentando de forma rápida nesta área, principalmente devido tantas perdas e sofrimento pela pandemia, lembrou a pasta.

Profissionais especializados no assunto estão sendo realocados e novos protocolos de atendimento estão sendo desenvolvidos. Assim como já vem ocorrendo o matriciamento junto ao AME (Ambulatório Médico de Especialidades), a Saúde Mental também vai iniciar o matriciamento com as Unidades Básicas de Saúde de Nova Odessa.

“Sobre o CAPS, nosso Setor de Planejamento está trabalhando para reabilitar o serviço junto ao Ministério da Saúde. Estamos focados em melhorias dos serviços oferecidos, dentro do orçamento escasso em tempos de pandemia, onde é preciso otimizar recursos, mas de forma a não perder a qualidade. É um desafio muito grande, mas com a equipe de profissionais envolvidos e voltados para o cuidado, chegaremos ao objetivo comum se Deus quiser”, afirmou a secretária-adjunta da Saúde de Nova Odessa, Sheila de Moraes.

Construída, mobiliada e equipada pelo Governo do Estado de São Paulo em uma área pública municipal através do Programa “Saúde em Ação”, a UBS VII, que ganhou o nome de “Abiganilda Chrisóstomo Belini”, está localizada na Rua Alexandre Bassora, no Jardim Nossa Senhora de Fátima.

A Prefeitura havia recebido as chaves da unidade em junho de 2020. A sétima Unidade Básica de Saúde do município recebeu investimentos na ordem de R$ 3 milhões e tem 860 metros quadrados de construção, feita pela empresa Engetal Engenharia e Construções, vencedora de processo licitatório.

Dentro do Programa “Saúde em Ação”, o Estado também ficou responsável pela aquisição de todos os móveis e equipamentos e pelo treinamento da equipe que vai atuar na Unidade. À Prefeitura de Nova Odessa, coube agora, em 2021, a relocação dos profissionais que finalmente colocaram a nova UBS para funcionar.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE