Sebastian Vettel conquista o tri da Fórmula 1

Na pista molhada de Interlagos, Vettel fez de tudo durante duas horas neste domingo. Largou mal, trombou com Bruno Senna, rodou no meio do tráfego, caiu para 20º, deu sorte ao manter o carro intacto, pisou fundo para voltar à briga, tirou o pé para evitar acidentes, viu a chuva diminuir, viu a chuva apertar, viu até seu rádio falhar e, acima de tudo, controlou de longe a sua única ameaça. Fernando Alonso estava ali, ao alcance. O espanhol da Ferrari foi o segundo colocado no GP do Brasil, e o alemão chegou em sexto, certamente o sexto lugar mais feliz de seus 31 anos. Por dois meses, ele supera Ayrton como o tricampeão mais jovem da história da categoria.Claro, a corrida em Interlagos teve um vencedor. Foi o inglês Jenson Button, da McLaren, que manteve boa vantagem para Alonso nas últimas voltas e evitou que Vettel perdesse o título – se o piloto da Ferrari tomasse a liderança, seria ele o tricampeão mais jovem da história. Quem completou o pódio foi o brasileiro Felipe Massa, que cedeu a passagem para Alonso na volta 62, mas não foi o suficiente para garantir o título da escuderia italiana. Mark Webber e Nico Hulkenberg vieram em seguida, à frente de Vettel, que ainda respirou aliviado na última volta com a entrada do safety car, que conduziu os carros em fila indiana até os últimos metros. Além de ser o mais jovem tricampeão da F-1, Vettel se iguala ao compatriota Michael Schumacher e ao argentino Juan Manuel Fangio com três títulos em sequência.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE