“Se perder em SP, partido acaba”, diz pres. do PSDB

O presidente estadual do PSDB em São Paulo, Pedro Tobias, afirmou em discurso a militantes tucanos que o partido vai acabar caso João Doria não vença a eleição ao governo do Estado, administrado há 24 anos pela sigla. O ex-prefeito da capital disputa o segundo turno contra o governador Márcio França (PSB).

“Não podemos perder a eleição em São Paulo. Se perde a eleição em São Paulo, gente, o partido acaba”, afirmou Tobias. Após ouvir alguns gritos de “não vai perder”, Tobias disse: : “Não vai perder? Então precisamos pedir voto”.  Presidente do PSDB paulista desde 2015, ele é deputado estadual há cinco mandatos consecutivos pela região de Bauru e não tentou a reeleição neste ano.

Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (17) mostra João Doria com 52% das intenções de voto ao governo contra 48% de Márcio França, um empate técnico, já que a margem de erro do levantamento é de três pontos para mais ou para menos. Esta é a primeira vez desde 2002 que a eleição a governador de SP é decidida em dois turnos e a primeira vez desde 1989 que o partido não chega ao segundo turno ou não vence a eleição presidencial.

A votação pífia do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) – o tucano terminou a corrida ao Planalto em quarto lugar, com apenas 4% dos votos válidos, e o desempenho das bancadas tucanas na Câmara dos Deputados e na Assembleia Legislativa, onde encolheu de 19 para apenas 8 cadeiras acendeu um sinal de alerta no partido.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE