SBO e ‘seus’ candidatos a estadual

Da Zona Leste de Santa Bárbara d’Oeste, vem dois candidatos á Deputado Estadual por nossa cidade, mas certamente lá estão disputando praticamente 50% dos 118.116 mil votos barbarenses no mínimo mais quatro forasteiros, que como dito na oportunidade anterior, quadrienalmente tolhem votos dos munícipes que não vão corresponder, no compromisso que se propuseram nas Eleições.
Hoje três destes, buscam a manutenção, dos mandatos a eles concedidos em importante parte, pelo nosso povo, á saber:Cauê Macris, que sob a sombra do pai, (tradicional cacique tucano na cidade vizinha, e que desfruta de vários mandatos Estaduais e Federais, mas que posou para foto, com uma placa de campanha popular de ponta cabeça, um ato no mínimo ridículo) tenta mais uma eleição. Nisso pergunto: Para que? Para quê Cauê Macris que ser eleito, e com votos de Santa bárbara d’oeste?Quer os votos para fazer o desserviço, de apoiar um presídio na divisa de SBO com Limeira, onde o bônus dos recursos fica com a cidade das Laranjas, enquanto a terra de Dona Margarida, fica com o ônus, ou Cauê Macris, realmente acredita que o acesso usado ao presídio, ou a provável rota de qualquer fuga, será pelos Laranjais? Não, será pelos canaviais, e os canaviais, estão do nosso lado. Então porque Cauê Macris quer os votos da terra dos canaviais? Porque o nosso povo entrega os votos á Cauê Macris, entrega de graça, e pouco cobra após o assalto as oportunidades de SBO, onde Cauê Macris se nega até, a receber um título de cidadão barbarense, maior honraria que nossa amada cidade oferta a alguém que aqui não vem ao mundo.Diga-me aqui, alguma alma, ou o próprio “Tucano Filho”, e prove o que trouxe para SBO, de recursos e oportunidade que prometeu em campanha, em correspondência aos 7.602 preciosos votos, pois aqui, nas terras de Dona Margarida, só pisa oportunamente acompanhada de compinchas á se vangloriar do que não fez, e deve fazer como representante público, ou á aparecer de papagaio de pirata, á migalhas entregues pelo governo do Estado, e nada mais! Quero ver quem me prove o contrário, mas que prove, já que prova do açucarado e suave sabor dos votos de nossa cidade, não a dele, a cidade que ele renegou.Provem!

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE