SB: ver.s agora querem investigar educação

Os vereadores que compõe a oposição ferrenha ao governo Denis Andia (PV) receberam, nesta quinta-feira (4), denúncias de irregularidades em ações da secretaria de educação de Santa Bárbara d’Oeste. Carlão Motorista (PDT), Giovanni Bonfim (PDT), Bebeto (SD) e Wilson da Engenharia (PSDB) foram informados de supostos indícios de superfaturamento em compra de materiais de limpeza, alimentos e materiais didáticos. Segundo o documento recebido pelos vereadores, esses produtos foram comprados em lotes, porém o valor unitário ultrapassa a realidade de mercado.    
Com a denúncia em mãos, o quarteto foi pessoalmente até a prefeitura nesta sexta-feira (5), com o objetivo de consultar notas fiscais e atestar a veracidade da denúncia. Porém, segundo eles, a secretária de fazenda, Raquel Campagnol e o secretário de governo Rodrigo Maiello, alegaram que não tiveram tempo hábil de localizar e separar as notas fiscais e processos das compras e por esse motivo elas não foram apresentadas aos vereadores. 
Diante do argumento dos secretariado de Andia, os vereadores aceitaram aguardar até quarta-feira (10) para que a prefeitura reúna toda a documentação referente ao caso. Os vereadores afirmaram que caso sejam confirmadas as denúncias, serão encaminhadas cópias ao Tribunal de Contas do Estado e ao Ministério Público para que seja realizada uma ampla investigação.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE