SB: Médico do HM Dr. Afonso Ramos teria agredido paciente

Um adolescente de 16 anos acusa um médico de rede pública de Santa Bárbara d´Oeste, de tê-lo agredido dentro de um hospital municipal. Segundo o menor, o profissional da saúde o pegou pelo colarinho, jogando-o em uma maca, e depois bateu a cabeça dele contra a parede. A ação foi testemunhada por pacientes, que invadiram a sala onde a ação ocorreu para resgatar o menor. A prefeitura da cidade afirmou que irá investigar o caso e o Cremesp (Conselho Regional de Medicina) informou que aguarda ser comunicado para definir o que fará sobre o caso.
Segundo Marli Ferreira Soares, 44, mãe do menor, os dois estavam no Hospital Municipal Dr. Afonso Ramos esperando atendimento, por volta das 17h da última terça feira, quando o menor foi até uma médica perguntar sobre a demora. O médico Rodrigo Vecchia  teria se aproximado e agredido o menor, sem nem falar com ele.
“Depois, disseram que ele achou que eu estava ofendendo a outra médica e que iria agredi-la. Mas não houve nada disso, só perguntei se iria demorar muito o atendimento, porque estávamos desde às 13h esperando”, disse o menor. “Eu estou com suspeita de dengue, estava com muita dor de cabeça. Depois da agressão, passou a doer ainda mais”, disse o menor. Ele continuou no local, em companhia da mãe, até às 19h, quando foi atendido. “Falamos com uma assistente social, que nos encaminhou a um outro profissional. A cabeça dele ficou ralada, ele tomou soro e nos mandaram para casa”, disse a mãe.
Ela informou que não foi procurada, nem pelo médico nem pela prefeitura. “Ninguém me ligou, não. Nem pra pedir desculpa. O médico saiu de lá e voltou a atender depois que bateu no meu filho”, disse Marli.
Fonte:  UOL

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE