SB lidera geração de emprego. Americana na lanterna

Santa Bárbara d’Oeste é a líder no ranking de geração de empregos no primeiro semestre de 2019 entre os municípios da microrregião. Conforme dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), órgão do Governo Federal, Santa Bárbara tem 1.392 novos empregos com carteira assinada, à frente das cidades de Americana, Hortolândia, Nova Odessa e Sumaré.
Os dados positivos vão ao encontro de outro estudo divulgado recentemente. Segundo análise do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) e do Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), no primeiro semestre de 2019, a indústria barbarense gerou 200 novos postos de trabalho com carteira assinada. 
“Segundo a análise, 1% dos empregos gerados no Brasil foram na microrregião. E todas as cidades estão na mesma esteira de Santa Bárbara d’Oeste, que lidera o ranking neste primeiro semestre”, comentou o prefeito Denis Andia. 
“Santa Bárbara d’Oeste será um grande expoente nessa retomada da economia. Daqui um tempo, quando olharmos para a história ampla, notaremos uma mudança de patamar por completo da nossa cidade. Estamos organizados, em todos os setores, preparados para o grande desenvolvimento”, acrescentou o prefeito.
Além disso, Santa Bárbara d’Oeste apresenta-se como a cidade com menor desemprego da região com taxa de 6,82%. Os dados são oficiais, com base nos números do Ministério do Trabalho do Governo Federal e organizados pela Associação Comercial e Industrial de Campinas (ACIC), levando-se em conta os municípios com mais de 50 mil habitantes. No primeiro trimestre de 2019, o desemprego médio na Região Metropolitana de Campinas (RMC) é de 10,74%. Já a média nacional é de 12,7%.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE