SB diz que investiu 135 milhões na área da saúde em 2018

A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste investiu mais de R$ 135 milhões no setor da saúde, com a aplicação de 32,7% de recursos do orçamento municipal ??? mais do que o dobro do que é previsto em Lei. Os dados foram apresentados em Audiência Pública no último dia 27, na Câmara Municipal.
A audiência contou com a participação de vereadores, servidores municipais e sociedade civil. Os dados apresentados demonstram ainda o crescimento ano após ano do investimento de recursos próprios do Município em Saúde, em uma escala de 2013 a 2018.
Transformação diária
Desde 2013, a Administração Municipal do prefeito Denis Andia vem investindo na Saúde. Foram construídos e entregues 6 novos postos de saúde – uma média de um a cada ano de governo. As unidades do Jardim Europa IV, Planalto do Sol, Planalto do Sol II, Jardim Boa Vista, Dona Regina e Vila Grego / Residencial Furlan já atendem o cidadão barbarense. Neste ano de 2019 serão entregues as UBSs do Conjunto Roberto Romano / Jardim Laudissi (obra na fase final) e São Francisco II / Santa Rita (obra em andamento).
Um Novo Centro Médico de Especialidades foi implantado e todos os demais postos de saúde até então existentes foram reformados e ampliados pela Prefeitura. 
Até final do semestre os dois prontos-socorros de Santa Bárbara d’Oeste estarão inteiramente reformados. No PS “Dr. Edison Mano”, a ampliação com novo piso inferior foi concluída e este espaço abrigará um atendimento exclusivo de Urgência e Emergência Pediátrica – serviço que nunca existiu na cidade. A reforma no piso superior avança e está na reta final. Já no PS “Dr. Afonso Ramos”, a reforma começou neste mês e os serviços avançam pelos sanitários.
O número de médicos na rede pública municipal saltou de 98 (em 2013) para 160 (em 2018). A frota de transporte de pacientes foi renovada e proporciona maior conforto ao cidadão, possibilitando a ampliação de atendimentos visando consultas, exames e tratamentos em Santa Bárbara d’Oeste e demais cidades do Estado de São Paulo.
O Zera Fila da Saúde é outro projeto com resultados positivos. Com o Zera Fila houve a redução de mais de 80% da demanda histórica de exames e consultas da rede municipal.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE